"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Pretender

. FC Porto mais português!

. Os homens são todos iguai...

. Ninguém faz nada!

. A moda do brunch

. Lopetegui a treinador do ...

. Treinadores Portugueses

. Super-Mães

. Deve haver uma explicação

. E depois do Adeus

. Ginastica Mental

. Hino à prostituta

. Banco Alimentar

. Teoricamente barato

. Pessoas com Categoria

. UML: para pessoas que gos...

. 10 contra 11, não!

. Taxista Sportinguista

. Escolher um Bacalhau

. Só os Belos empacotam

. As leis não escritas

. EUA tinham que passar

. Programador burro

. Programador vs Eng. Softw...

. O Porto da minha Infãncia

. Fazer amigos

. Fui eu que inventei

. Pessoas bem-educadas

. Antigamente

. Jorge Jesus e P. da Costa

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. Ser Benfiquista

. Ninguém sabia o que fazer

. Almas Gémeas

. Aprendendo a ser Jovem

. Homens Misteriosos

. Depois de Babel

. Melhor que Telenovela

. 25 de Abril para os Joven...

. No meu tempo

. FC Porto vergonhoso

. O Canal Q e a cidade

. Pessimismo e conspiração

. A fugir do próprio Ego

. Rabos e rabinhos

. BCP é bom camarada

. Palpites

. O Drama dos Penalties

. Tratamento de Psicologia

. Crise e Poupança

.arquivos

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Segunda-feira, 8 de Novembro de 2010

Júri dos Idolos

O Júri do concurso Ídolos em Portugal, não se cansa de lembrar os concorrentes que está em causa escolher um ídolo na área POP.

 

O Irónico é que este júri, com ares de erudito, é um júri arreliadoramente anti-POP.

Chamam à atenção para a imagem de determinado concorrente que não é POP, e não vão muito para além daí. Põe umas calças de ganga, solta o cabelo e tá feito.

 

Quando aparece um concorrente como o Carlos, dos Ídolos de 2009, o Júri deita-o abaixo completamente, fica vermelho e ira-se com a possibilidade de tal concorrente ganhar. Um concorrente brutalmente Popular é uma ameaça a ganhar o Ídolos da música POP.

O Carlos não mereceu ganhar o concurso que o Filipe ganhou justamente, porque não foi regular. As últimas actuações dele foram fracas. Mas o Carlos teve actuações soberbas em que eu olhava para ele e via rendido: este é o melhor de todos os tempos. Todo ele era POP, entusiasmo e alegria.

 

Por outro lado, aparecem concorrentes que escolhem canções com qualidade, são bons tecnicamente, sóbrios, certinhos, e eles acham o máximo. Quando eu vejo actuações desgarradas, monocórdicas, sem melodia e hirtas disfarçadas de garra.

 

Já agora, o que está a fazer aquela brasileira no júri? Ela faz comentários como quem escreve horóscopos.

tags: ,
publicado por antiego às 16:29
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
6 comentários:
De tou anónima, não me chamo helena a 30 de Novembro de 2010 às 11:25
Já perguntei o mesmo sobre a Zuca....responderam-me que tem toda a legitimidade para lá estar porque faz parte da organização do Rock in Rio. Enfim....
De antiego a 30 de Novembro de 2010 às 12:55
É o elemento feminino simpático.
De tou anónima, não me chamo helena a 30 de Novembro de 2010 às 13:15
Tem dias. Além de comentários despropositados é provável que sofra de TPM, porque meia volta alterna essa simpatia contrastante com a do restante juri com dias de uma má disposição inexplicável acompanhada de critica gratuita...
De Ella a 1 de Dezembro de 2010 às 13:56
O Júri precisava de, pelo menos, uma mulher para não ser apelidado de machista ou de ser olhado como o concílio da prepotência masculina.
A Roberta tem posição social e trabalha na área da música e espectáculo, pelo que cabe perfeitamente no papel de jurada. (Não estou a dizer que a escolha é da minha preferência.)
Analisando o leque de escolhas do nosso nobre mas pequeníssimo país, tanto no tamanho como em tudo mais (salvo raras mas encorajantes excepções), não há muito, neste caso muitas, por onde escolher.
Maria João Pires? – Não se enquadra no estilo musical.
Gabriela Canavilhas?
Olga Prats?
Mafalda Veiga?
Manuela Azevedo?
Mariza?
Sara Tavares?
Jacinta?
Todas muito interessantes mas não me parece que, quer por indisponibilidade temporal, quer por simplesmente não terem vontade, pudessem fazer parte deste tipo de programa.
Poderia ser pior. Imaginem que convidavam a Kátia Aveiro…
Vade retro, Satanas
De antiego a 2 de Dezembro de 2010 às 11:57
A Irmã ou a tia do Sócrates.
De Ella a 2 de Dezembro de 2010 às 14:17
llllllllllllloooooooooollllllllllllllllllllllll
Palavras para quê?

Comentar post

Contador Web
Contadores
online

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds