"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Pretender

. FC Porto mais português!

. Os homens são todos iguai...

. Ninguém faz nada!

. A moda do brunch

. Lopetegui a treinador do ...

. Treinadores Portugueses

. Super-Mães

. Deve haver uma explicação

. E depois do Adeus

. Ginastica Mental

. Hino à prostituta

. Banco Alimentar

. Teoricamente barato

. Pessoas com Categoria

. UML: para pessoas que gos...

. 10 contra 11, não!

. Taxista Sportinguista

. Escolher um Bacalhau

. Só os Belos empacotam

. As leis não escritas

. EUA tinham que passar

. Programador burro

. Programador vs Eng. Softw...

. O Porto da minha Infãncia

. Fazer amigos

. Fui eu que inventei

. Pessoas bem-educadas

. Antigamente

. Jorge Jesus e P. da Costa

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. Ser Benfiquista

. Ninguém sabia o que fazer

. Almas Gémeas

. Aprendendo a ser Jovem

. Homens Misteriosos

. Depois de Babel

. Melhor que Telenovela

. 25 de Abril para os Joven...

. No meu tempo

. FC Porto vergonhoso

. O Canal Q e a cidade

. Pessimismo e conspiração

. A fugir do próprio Ego

. Rabos e rabinhos

. BCP é bom camarada

. Palpites

. O Drama dos Penalties

. Tratamento de Psicologia

. Crise e Poupança

.arquivos

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Segunda-feira, 20 de Dezembro de 2010

E se não houvesse Natal?

Idiotas são os intelectuais do Natal. Aqueles que dizem coisas como “O Natal é uma grande hipocrisia” e atacam o consumismo do natal, etc. Uma vez via uma série nacional onde uma tipa falava com um antigo namorado que era muito menaço:

- Então, ainda és contra o natal e essas coisas?

Pois, devia ser um gajo muito verde e cheio de princípios.

 

Mas qual é o raio do anormal que é contra o Natal? Devem ser os mesmos que detestam crianças, flores e prados verdejantes.

 

Graças a deus, na casa dos 40, ainda tenho espírito natalício e acho que é a festa mais bonita de sempre. Ainda me recordo de há 3 anos dar um passeio a pé à noite, pelo meu bairro e ficar encantado com as luzes de natal que via nas casas domésticas.

Estamos em crise, é certo, mas cortar totalmente com as luzes do natal citadinas, parece-me um pouco criminoso. Podem reduzir para metade ou para 20%, mas por favor não assassinem o natal.

Se o natal é consumismo e materialismo? Não, isso são as pessoas. Meu! Temos que dar prendas, temos que dar regalos. E não é preciso gastar uma fortuna nisso.

Se as pessoas são hipócritas no natal? Hipócritas porquê? Por andarem bem dispostas?

 

O Natal é magia, é felicidade. Não me é possível imaginar a humanidade sem ele. É comunhão, o grande ponto de encontro (fora casamentos e funerais). Quando toda a gente se lembra de toda a gente. Prémio Nobel da paz ao Natal.

 

Não é à toa que se inventaram máximas como “Natal é quando o homem quiser”. Eu, por volta dos meus 12 anos, escrevi “No Carnaval ninguém leva à mal, no Natal ninguém faz mal”.

tags:
publicado por antiego às 11:00
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
1 comentário:
De tou anónima, não me chamo helena a 25 de Janeiro de 2011 às 10:01
Está a tornar-se lugar comum dizer que concordo plenamente contigo (excepção à adopção de crianças por homossexuais:) )

O consumismo existe, ponto. O Natal é uma boa desculpa para abusarem do mesmo com uma boa desculpa. Isso não deveria por em causa o espirito da data. Se nesse dia a familia que qté vive separada o ano inteiro se junta, troca prendas e se sente bem a fazê-lo, qual é problema?

Adoro o Natal. Gosto de escolher e dar prendas. Gosto de as ver abrir. Gosto de saber que pelo emnos nesse dia se vai estar junto com os mais próximos. Sinto os cabelos arrepiados quando passeio à noite na rua rodeada pelas luzes, sente-se a magia que o Natal tinha quando tinhamos 8 anos. Gosto de ver que as pessoas andam mais bem dispostas e calorosas..porque andam mesmo.
Gosto de ver tudo enfeitado, de ouvir musicas natalicias tocar aqui e ali.
Desculpem....há magia no ar.
E se o Natal faz isto, não é bom?!

Podiamos juntar-nos mais vezes, cear juntos mais vezes, trocar prendas mais vezes? Sim. Podiamos e deviamos. Mas aquela noite não deixa de ser especial.
Não é o Natal que provoca a hipocresia. Há quem seja hipopcrita e pronto. Também não é o Natal que afecta a economia familiar, as pessoas gastam além do que devem e nesta altura isso é mais evidente.

Viva o Natal, viva as luzes nas ruas, viva as prendas!

Comentar post

Contador Web
Contadores
online

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds