"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Pretender

. FC Porto mais português!

. Os homens são todos iguai...

. Ninguém faz nada!

. A moda do brunch

. Lopetegui a treinador do ...

. Treinadores Portugueses

. Super-Mães

. Deve haver uma explicação

. E depois do Adeus

. Ginastica Mental

. Hino à prostituta

. Banco Alimentar

. Teoricamente barato

. Pessoas com Categoria

. UML: para pessoas que gos...

. 10 contra 11, não!

. Taxista Sportinguista

. Escolher um Bacalhau

. Só os Belos empacotam

. As leis não escritas

. EUA tinham que passar

. Programador burro

. Programador vs Eng. Softw...

. O Porto da minha Infãncia

. Fazer amigos

. Fui eu que inventei

. Pessoas bem-educadas

. Antigamente

. Jorge Jesus e P. da Costa

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. Ser Benfiquista

. Ninguém sabia o que fazer

. Almas Gémeas

. Aprendendo a ser Jovem

. Homens Misteriosos

. Depois de Babel

. Melhor que Telenovela

. 25 de Abril para os Joven...

. No meu tempo

. FC Porto vergonhoso

. O Canal Q e a cidade

. Pessimismo e conspiração

. A fugir do próprio Ego

. Rabos e rabinhos

. BCP é bom camarada

. Palpites

. O Drama dos Penalties

. Tratamento de Psicologia

. Crise e Poupança

.arquivos

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Terça-feira, 2 de Agosto de 2011

Salvando os nossos Filhos

            O Investimento em educação é aquela velha história: não tem resultados imediatos, nem em 5 anos - o tempo de uma legislatura. Os resultados levam 20 anos a terem efeito e quando o tiverem, ele não será muito notado, porque o pessoal só repara nas coisas negativas.

 

            O Investimento não me parece muito comparado com o de outras áreas, e menos ainda quando estou certo que os ganhos são imensos e efectivos, muito maiores que os das outras áreas.

 

            Louvo iniciativas particulares, que tenho visto aqui e ali, como os exemplos do programa “30 minutos” – trabalhos sociais nas escolas problemáticas. Os Clã gravaram um vídeo com uma escola super-problemática do Porto. Há outra escola de Lisboa (acho que a Sarney)  com aulas de violino, que tem feito maravilhas com os miúdos (também vi uma reportagem no Brasil idêntica). A Fundação Luís Figo ofereceu 1 semana num campo de férias aos melhores alunos de cada turma da escola mais problemática de Setúbal.

            Ao que parece o Real de Madrid comporta-se como uma verdadeira instituição de utilidade pública: Fundação Real Madrid abre escola desportiva para crianças desfavorecidas no Algarve. Acaba por não ser dinheiro perdido, porque é uma óptima forma de projectar o nome do clube.

 

            O Valor de uma geração mede-se pela capacidade em criar a seguinte. As gerações parecem valorizar-se ao depreciar a seguinte. Se não és pai, não tens culpa nenhuma, se és pai a culpa é do sistema.

publicado por antiego às 17:26
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
2 comentários:
De vitalux a 2 de Agosto de 2011 às 21:09
As gerações anteriores são sempre depreciadas.Há uma falta total de enquadramento psicológico face ao desenvolvimento (?) social.É certo que há regras que não mudam e que até podem ter o estatuto de«perfeitas» como leis e agentes ou religião e moral (apenas exemplos de gestão) mas a escola, devido á apreensão constante de novos conhecimentos está sempre em mutação, devendo portanto ajustar a sua posição de modo coerente com as necessidades, sejam elas morais, intelectuais ou de mera disciplina.
De antiego a 3 de Agosto de 2011 às 10:08
Retumbante. Concordo.

Comentar post

Contador Web
Contadores
online

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds