"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Lei do Ruído 2017

. Pretender

. FC Porto mais português!

. Os homens são todos iguai...

. Ninguém faz nada!

. A moda do brunch

. Lopetegui a treinador do ...

. Treinadores Portugueses

. Super-Mães

. Deve haver uma explicação

. E depois do Adeus

. Ginastica Mental

. Hino à prostituta

. Banco Alimentar

. Teoricamente barato

. Pessoas com Categoria

. UML: para pessoas que gos...

. 10 contra 11, não!

. Taxista Sportinguista

. Escolher um Bacalhau

. Só os Belos empacotam

. As leis não escritas

. EUA tinham que passar

. Programador burro

. Programador vs Eng. Softw...

. O Porto da minha Infãncia

. Fazer amigos

. Fui eu que inventei

. Pessoas bem-educadas

. Antigamente

. Jorge Jesus e P. da Costa

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. Ser Benfiquista

. Ninguém sabia o que fazer

. Almas Gémeas

. Aprendendo a ser Jovem

. Homens Misteriosos

. Depois de Babel

. Melhor que Telenovela

. 25 de Abril para os Joven...

. No meu tempo

. FC Porto vergonhoso

. O Canal Q e a cidade

. Pessimismo e conspiração

. A fugir do próprio Ego

. Rabos e rabinhos

. BCP é bom camarada

. Palpites

. O Drama dos Penalties

. Tratamento de Psicologia

.arquivos

. Março 2017

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Quarta-feira, 3 de Agosto de 2011

O Menaço

            O menaço é um tipo maduríssimo, com ar ponderado, tão auto-confiante que nem precisa de falar muito, um olhar dele à matador pode dizer tudo. Ele não ri, esboça uns sorrisos paternalistas.
            O menaço é como um paizão comedido, não entra em grandes brincadeiras, entra quando o rei faz anos e deixa no ar a ideia de que “quando ele quer, sabe ser engraçado”.
            Na verdade, estamos unicamente na presença de uma imagem. O facto de ele falar pouco não é indício que seja uma pessoa de muita reflexão sensata, é mesmo porque ele não tem muito para dizer. O que diz passa pouco para além de banalidades e clichés. Não tem profundidade, não tem originalidade, não tem nada de novo para dizer. Não tem estilo, não é espirituoso, não é mordaz, não é romantico. Não conta longas histórias, não conta as coisas com muito entusiasmo, é desprovido de paixão. É um gajo muito terra-a-terra, não vacila enquanto olha e gosta de mulheres. As grandes qualidades advêm da sua temperança:  tem consciência que não deve estar sempre a falar, é atento e sabe ouvir melhor que a média.

            O exemplo mais conhecido de Menaço que me lembro é o Mr. Big da série Sex and the City. Outro, claro está, é o Pedro Abrunhosa.
            Ou seja, a antítese de homens apaixonantes.
            Uma engraçada paródia ao menaço é feita na série cómica Rockefeller 30, na personagem Jack Donaghy (Alec Baldwin) – o executivo maduro que fala "assim" (voz grossa, serena e pausada)... mas é um grande palhaço.
 

             Desde os tempos da Universidade reparei nestes menaços, roído de inveja, com o sucesso que tinham entre as mulheres. Vejo a imagem de um a chegar à cantina, com ar muito sério e circunspecto, sem dizer uma palavra, a dirigir-se para uma rapariga de vinte e poucos anos. Ela sorri, ele mantém o ar sério à matador e chega a sua face para que a rapariga, feliz de o ver, lhe cumprimente com um beijo. Ele domina só com o olhar e atitude.

             Compreendo que se sintam atraídas pela maturidade e segurança, agora acho muito pouco atraente pessoas que se interessam por homens tão chochos e desapaixonantes.

tags:
publicado por antiego às 17:30
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Contador Web
Contadores
online

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds