"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Lei do Ruído 2017

. Pretender

. FC Porto mais português!

. Os homens são todos iguai...

. Ninguém faz nada!

. A moda do brunch

. Lopetegui a treinador do ...

. Treinadores Portugueses

. Super-Mães

. Deve haver uma explicação

. E depois do Adeus

. Ginastica Mental

. Hino à prostituta

. Banco Alimentar

. Teoricamente barato

. Pessoas com Categoria

. UML: para pessoas que gos...

. 10 contra 11, não!

. Taxista Sportinguista

. Escolher um Bacalhau

. Só os Belos empacotam

. As leis não escritas

. EUA tinham que passar

. Programador burro

. Programador vs Eng. Softw...

. O Porto da minha Infãncia

. Fazer amigos

. Fui eu que inventei

. Pessoas bem-educadas

. Antigamente

. Jorge Jesus e P. da Costa

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. Ser Benfiquista

. Ninguém sabia o que fazer

. Almas Gémeas

. Aprendendo a ser Jovem

. Homens Misteriosos

. Depois de Babel

. Melhor que Telenovela

. 25 de Abril para os Joven...

. No meu tempo

. FC Porto vergonhoso

. O Canal Q e a cidade

. Pessimismo e conspiração

. A fugir do próprio Ego

. Rabos e rabinhos

. BCP é bom camarada

. Palpites

. O Drama dos Penalties

. Tratamento de Psicologia

.arquivos

. Março 2017

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Segunda-feira, 31 de Janeiro de 2011

Boicote à BP

Eu já andava com ideias de boicotar a BP, por estas razões:

 

  1. Filhos da P*** cortaram com as senhas de desconto no LIDL.
  2. A catástrofe ecológica nos Estados Unidos onde milhares de milhões de litros de petróleo foram derramados no mar, com fortes de suspeitas de isso se dever a negligência.
  3. Comprar na GALP é ajudar o país.
  4. O preço dos combustíveis. Boicotar uma das maiores gasolineiras para forçar a descida dos preços.

 

Depois de ver um programa na TV sobre a Biografia da BP, fiquei convencido: nunca mais abasteço na BP.

   A BP é recorrente no bruto corte de despesas pondo em risco os seus trabalhadores. Na refinaria do Texas morria um empregado de 18 em 18 meses. Há pouco tempo morreram dezenas deles num acidente grave. Acordos monetários com os acidentados, para os calarem.

      Parece que preferem pôr em risco vidas humanas e pagar indemnizações a gastar algum dinheirinho em segurança.

 

   Podemos não mudar o mundo sozinhos, mas podemos ajudar a não o piorar.

 

      A GALP acaba por ficar mais barata que a BP se usarmos os recibos de desconto no Continente e usarmos os do Continente para os 5 cêntimos de desconto na GALP.

Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2011

O Boicote que foi Esquecido

Os jovens devem passar por uma fase idealista. Têm que haver valores que não o de safarmo-nos. Numa fase mais adiantada podemos ensinar que sozinhos não vamos mudar o mundo mas podemos ajudar. É como o voto de umas eleições.

 

Já recebi 2 vezes um e-mail a propor uma estratégia para forçar a descida dos preços dos combustíveis em Portugal. Boicote às bombas da GALP e BP. Por acaso já tinha pensado nisso. Mas o meu plano era menos ambicioso: boicote só à BP:

 

E dizia esse mail: este verão não vamos ás bombas da GALP e BP!

Deixem-me rir. Então recebo o mail no principo de Janeiro e falam-me em levar a cabo este plano no verão! Meio ano depois! Mas porquê no verão? Porque agora está a chover muito? Porque no verão temos mais vagar para escolher as bombas onde queremos abastecer?

Hmmmm, isto a começar assim cheira-me que não vamos ter sucesso.

 

Será que o povo português seria capaz de uma acção concertada destas? Não, o povo português quer-se safar. Mas também, quem tem mais dinheiro, pode-se dar ao luxo de ter mais princípios.

Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2011

Safar-se

Safar é um verbo feio que eu também uso, fruto de o ter ouvido tantas vezes.

Há uns bons anos o Herman José a entrevistava um politico português de nomeada. Perguntou-lhe como lhe correu a vida com as mulheres quando era jovem. O político respondeu-lhe que se safava. Ora, não há contexto mais reles e vil para o verbo Safar do que o da vida romântica ou sexual. O preocupante é que isto é uma amostra sobre o nível dos nossos políticos. E então como está a governar a sua vida no governo? Está-se a safar bem?

 

Safarmo-nos faz parte da Filosofia de vida do português. Dá a impressão que o que interessa é safarmo-nos, não interessa como, e que se lixe tudo o resto.

 

A única graça que isto poderia ter seria no contexto de um filme para adultos, histórias de um mundo ideal e feliz, onde toda a gente se safa.

publicado por antiego às 11:58
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Terça-feira, 18 de Janeiro de 2011

Detectar Mentiras

Passou uma reportagem na televisão sobre um crime passional no qual um homem esfaqueou, em praça pública, a sua ex-companheira com múltiplos golpes.

No inicio da entrevista ao homem:

- Foi planeado?

- Se tivesse sido planeado teria sido feito de outra forma (…)

 

Quando um gajo responde assim, nem precisa de haver contexto algum. Ainda não tinha visto a reportagem toda, ainda não tinha ouvido o homem a falar, mas basta uma resposta destas para estar na cara – é claro que foi planeado. Se o gajo fala em planeamento é porque lhe ocorreu tal coisa. Se ele põe a hipótese de um planeamento, é porque pensou nisso. Esta resposta chega a ser anedótica. O gajo devia ter o plano A: assassínio planeado. Plano B: Assassínio não planeado. O gajo acabou por levar a cabo o plano B, daí poder dizer com tanta propriedade que teria sido feito de outra maneira se fosse pelo plano A. Via-se que o gajo sabia do que estava a falar.

 

Vendo o resto da entrevista e o resto da reportagem, ficamos ainda com mais certeza do crime que cometeu, como e das suas motivações. É já todo o contexto. Ele vai se esquivando ás mais graves acusações, declara-se arrependido. Não convence, e ao lado dos factos, palavras e argumentos infantis, está o seu tom de voz deslavado e a sua atitude. Tudo conta para o quadro completo.

O Homem aparece na entrevista meio na sombra meio no sol e com a voz distorcida. Dá para ver a sua compleição física e adivinhar a sua fisionomia facial.

Numa situação destas, de suposto arrependimento sincero, não me parece sincero uma pessoa aparecer com a voz distorcida. Não tenho problemas em ele estar atrás de um biombo e não mostrar um centímetro quadrado do seu corpo. Mas agora ocultar a voz… a voz é a alma.

 

 

publicado por antiego às 10:57
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Sexta-feira, 14 de Janeiro de 2011

Cortes Salariais

Hoje de manhã ouvi do debate TSF um senhor a afirmar que os cortes salariais são irracionais. Estava à espera que ele falasse do rendimento per capita, e assim o fez.

Algo que eu já tinha pensado. E pensei porque me toca a mim. Se eu fosse solteiro talvez nem pensasse neste assunto.

 

Pensemos em duas situações:

 

1 – Homem solteiro ganha 1700 € e sofrerá um corte de 3,5%.

 

2 – Agregado familiar de 6 pessoas ganha 5100 € e sofrerá um corte de 10% (o máximo).

 

Já não somos crianças para ver as coisas em absoluto. As coisas vêem-se em termos relativos. O homem tinha um rendimento per capita de 1700€, a família tem um rendimento per capita de 850 €. Ou seja, cada elemento da família ganha metade do que o homem ganha e vai levar um corte que é o triplo do que homem.

Os valores dos rendimentos que falo são em bruto. A família, em rendimento bruto absoluto ganha o triplo do homem. Mas em rendimento liquido ganha menos do triplo. Isto porque o seu escalão de IRS é maior. Mais uma vez, também no IRS não há a noção de rendimento per capita. Há o coeficiente conjugal, seria mais justo haver o coeficiente familiar como há na França.

 

Como se não bastasse, esta família há meses atrás recebia abono de família, no 5º escalão. Agora cortaram-lhe o abono de família. Um crime social como uma vez vi escrito.

Por estas e por outras é que este governo é acusado de ser o que mais atacou a família em Portugal.

 

Já tínhamos das mais baixas natalidades da Europa. Como será a população Portuguesa daqui a 40 anos? Bem, os poucos jovens que vão haver, penso que estarão mais habituados a poupar.

Quinta-feira, 13 de Janeiro de 2011

Estratégia do Consumidor

Recebi um e-mail que propunha toda a tente fazer boicote á GALP e à BP, no próximo verão, para forçar os preços dos combustíveis a baixarem. Já tinha pensado nisso, mas um projecto menos ambicioso no qual a visada era apenas a GALP.

É muito giro o povo unido, mas é impraticável. O que achei mais piada na mensagem foi o se começar no verão. Fosca-se, porquê no verão? Já daí se vê o quanto esta campanha é para ser levada a sério. Porque não começar já? Porque vamos apanhar mais chuva?

 

O Aumento do IVA será, em parte, não suportado pelo consumidor final. Se os preços de bens não tão essenciais, sobem, a procura desce. Se a procura desce ou se baixa a produção ou se baixa o preço base (antes do imposto). Entretanto deve haver muito produtor que ainda não redimensionou a produção e tem que escoar os artigos - vão ser ver forçados a baixar os preços. Será que este ano vamos assistir a um festival de promoções? Bem, pelo menos neste inicio estamos a assistir. Temos que estar atentos.

 

publicado por antiego às 14:25
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Quinta-feira, 6 de Janeiro de 2011

Eu já nem leio

Será que já passaram pelo mesmo? Acho que eu agora faço o famoso "ler na diagonal" do Marcelo Rebelo de Sousa.

 

È a vida a correr. Passo os pormenores à frente para tentar extraír o sumo, a ideia principal.

LOL, um livro? Deiem-me o filme? Já nem o filme, deiem-me o "best of" do filme. Ou um livro dos melhores aforismos do mundo.

 

Com estas novas tecnologias é ver só programas da TV gravados e fazer fast-foward quando aparece um parte mais chata (já para não referir os intervalos. Não há tempo.

 

LPs e LPs de musica. Chiça! Onde está a minha selecção de 4GB de melodias sublimes dos 1000 Tb de musicas que ouvi durante a vida inteira?

 

No entanto, suspeito que mais que uma questão de tempo é uma questão de paciência. Até porque sou gajo para durante 20 minutos fazer absolutamente nada e pensar em absolutamente nada e achar que isso foi tempo mais que bem empregue. Afinal, eu tenho-me feito boa companhia.

 

Também não é que eu considere que a vida é curte, pelo contrário, eu acho a vida longuissima. Repito que cada ano meu parece uma vida inteira só por si.

 

Se calhar cansei-me do lixo e cada vez estou mais exigente.

tags:
publicado por antiego às 22:09
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Contador Web
Contadores
online

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds