"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Lei do Ruído 2017

. Pretender

. FC Porto mais português!

. Os homens são todos iguai...

. Ninguém faz nada!

. A moda do brunch

. Lopetegui a treinador do ...

. Treinadores Portugueses

. Super-Mães

. Deve haver uma explicação

. E depois do Adeus

. Ginastica Mental

. Hino à prostituta

. Banco Alimentar

. Teoricamente barato

. Pessoas com Categoria

. UML: para pessoas que gos...

. 10 contra 11, não!

. Taxista Sportinguista

. Escolher um Bacalhau

. Só os Belos empacotam

. As leis não escritas

. EUA tinham que passar

. Programador burro

. Programador vs Eng. Softw...

. O Porto da minha Infãncia

. Fazer amigos

. Fui eu que inventei

. Pessoas bem-educadas

. Antigamente

. Jorge Jesus e P. da Costa

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. Ser Benfiquista

. Ninguém sabia o que fazer

. Almas Gémeas

. Aprendendo a ser Jovem

. Homens Misteriosos

. Depois de Babel

. Melhor que Telenovela

. 25 de Abril para os Joven...

. No meu tempo

. FC Porto vergonhoso

. O Canal Q e a cidade

. Pessimismo e conspiração

. A fugir do próprio Ego

. Rabos e rabinhos

. BCP é bom camarada

. Palpites

. O Drama dos Penalties

. Tratamento de Psicologia

.arquivos

. Março 2017

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Sábado, 29 de Março de 2014

BCP é bom camarada

Que rico titulo de noticia vi agora: BCP quer ajudar as familias a poupar. Eu acho muito bem. Não li o corpo da noticia, mas estou certo que  vai começar por deixar de roubar os seus próprios clientes criando comissões das quais o cliente não pode fugir, cobrando seguros carissimos e enganando os clientes sobre os seus produtos.

publicado por antiego às 20:03
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Terça-feira, 25 de Março de 2014

Palpites

Comecei a tomar café num café mais longe de casa, cerca de 1km. É um café mais agradável e faz-me andar mais um bocado.

Hoje conversei com o meu velhinho favorito do café, um que apetecia adoptar para avô. Pronto, e lá me contou a história da vida dele. Um self-made man cuja principal qualidade que o fez vencer na vida foi gostar de trabalhar. Gostava tanto de trabalhar que se oferecia a trabalhar em qualquer coisa, embora tivesse as suas competências especificas. Gostava de variar de trabalho na mesma empresa. Achava que um trabalhador devia passar por todos os postos de trabalho na empresa e dava-lhe a volta ao estômago ver trabalhadores parados porque a máquina estava avariada. Achava que, como a máquina estava avariada, em vez de esperar pelo reparador, deviam meter-se a fazer outra coisa. Começou a trabalhar no final dos anos 50, entrou para o serviço da tropa com 20 anos (eram 2 anos) e disse-me a idade do filho.

A certa altura, questionou-me:

- O senhor sabe que idade eu tenho?

Eu já tinha o meu palpite, era o do ano do nascimento.

- O sr nasceu em 1935.

Ele parou um bocado e respondeu a olhar para o ar:

- Eu nasci em mil nove trinta e cinco.

Se fosse da nossa geração teria respondido:

- Não, eu nasci no ano 35 do século passado.

Quando começou  a falar do 25 de Abril fiquei confuso e... vulgaridade, lembrei-me do Herman José a fazer de Baptista Bastos. Ele começou a falar dum sitio e eu não estava a perceber que sitio era esse.

- O sr estava aonde? No dia 25 de Abril, estava aonde, em casa ou no trabalho?

Ele ficou um bocado parado, e não pude evitar de fazer a piada:

- Ou era feriado? (ri-me).

- Não, Dantes ainda não havia nada, o 25 de Abril começou aí.

Quando nos despedimos achei fabuloso ele dizer-me a morada exacta dele. We'll meet again.

tags:
Quinta-feira, 20 de Março de 2014

O Drama dos Penalties

Ouvi dizer mais uma vez que a FIFA que acabar com o drama dos penalties.

Eu tenho uma solução simples, que promove o futebol de ataque e é mais justa.

Quando é uma final ou uma eliminatória, decida num jogo ou a duas mãoes, em caso de empate de golos, ganha aquela equipa que marcou o ultmo golo.

 

Digo isto quando, mais uma vez, o meu querido FCP venceu uma eliminatória (com o Nápoles) onde benificiou claramente de marcar golos fora de casa. O FCP já passou inumeras eliminatorias por ter jogado primeiro em casa e não ter sofrido golos. Verifiquem que, estatisticamente, as equipas que jogaram primeiro em casa passaram mais veze que aquelas que jogaram fora.

O Porto ganhou 1-0. Estava a perder 1-0 em Nápoles. A Eliminatória estava absolutamente empatada. Bastou o Porto marcar um golo para o Náploes ficar 2 golos atrás. É injusto. Como a minha regra ficaria apenas um golo atrás, que acaba por ser meio-golo, ou seja, bastava o Nápoles voltar a marcar um golo para ficar por cima outra vez da eliminatória.

Só em caso de dois jogos a zero a zero é que não daria para desempatar, mas também...

tags:
Terça-feira, 4 de Março de 2014

Tratamento de Psicologia

Já ouvi mais que um caso de determinada pessoa que mudou bastante a sua atitude para com os outros depois de seguir um tratamento de psicologia. Nada a opor a não ser que em todos estes casos a mudança foi para bem pior, ao ponto de começarem a se marimbar para a própia familia. Só faltava ser o velho cliché de culparem a familia por todos o seus traumas de infancia e resolverem que o melhor era afastarem-se da fonte dessas memórias nefastas.Imagino que as balelas de um tratamento de psicologia sirvam para reforçar o ego do paciente coitadinho.

Eu tenho uns defeitozinhos perfeitamente justificáveis pelos traumas de infancia que tive, fora isso, sou o maior e dou graças a deus a esta psicologa me ter aberto os olhos para a maravilha que eu sou, eu sofri muito e agora tenho o direito a ter a minha fatia de boa vida.

Um tratamento de psicologia em vez de ir pela via mais fácil e infantil: reforçar o ego, deveria ir pela via de reforçar o auto-conhecimento e tentar fazer do paciente uma pessoa melhor - a tal evoulção que agora está tanto na moda.

A psicologia em vez de convencer o paciente de que ele tem bué de valor, devia tentar convencê-lo de que ele pode ter muito mais valor.

publicado por antiego às 23:48
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Contador Web
Contadores
online

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds