"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Lei do Ruído 2017

. Pretender

. FC Porto mais português!

. Os homens são todos iguai...

. Ninguém faz nada!

. A moda do brunch

. Lopetegui a treinador do ...

. Treinadores Portugueses

. Super-Mães

. Deve haver uma explicação

. E depois do Adeus

. Ginastica Mental

. Hino à prostituta

. Banco Alimentar

. Teoricamente barato

. Pessoas com Categoria

. UML: para pessoas que gos...

. 10 contra 11, não!

. Taxista Sportinguista

. Escolher um Bacalhau

. Só os Belos empacotam

. As leis não escritas

. EUA tinham que passar

. Programador burro

. Programador vs Eng. Softw...

. O Porto da minha Infãncia

. Fazer amigos

. Fui eu que inventei

. Pessoas bem-educadas

. Antigamente

. Jorge Jesus e P. da Costa

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. Ser Benfiquista

. Ninguém sabia o que fazer

. Almas Gémeas

. Aprendendo a ser Jovem

. Homens Misteriosos

. Depois de Babel

. Melhor que Telenovela

. 25 de Abril para os Joven...

. No meu tempo

. FC Porto vergonhoso

. O Canal Q e a cidade

. Pessimismo e conspiração

. A fugir do próprio Ego

. Rabos e rabinhos

. BCP é bom camarada

. Palpites

. O Drama dos Penalties

. Tratamento de Psicologia

.arquivos

. Março 2017

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2009

Bigger than Life

            Admiro as pessoas com uma vivacidade enorme. Pessoas capazes de se envolver em mil e uma actividades e dar conta de tudo. Pessoas que parecem que nunca dormem. Geralmente são pessoas com uma grande capacidade de dar. Estas pessoas estarão mais aptas a serem bons pais e mães. Alegres, bem-humoradas, de bem com a vida, enérgicas, faladoras, metem conversa, falam com toda a gente, são populares, são umas máquinas.

            A melhor expressão que descreve estas pessoas, é a expressão inglesa: “Bigger than Life”. Pois é, são pessoas cheias de vida, como se pode traduzir em português.

            Acho que também esta caracteristica tem muito de genético. Acredito que já haja uma predisposição de as pessoas nascerem mais sornas ou mais activas.

            E digo-vos mais: eu semi-acredito na astrologia (por experiência própria) e vos diria que estas pessoas "maiores que a vida" caiem mais no signo Carneiro. Quanto mais serão signos do elemento fogo ou terra.

 

            A propósito do genético e do destino, no outro dia vi na televisão um programa sobre a obesidade. E não é que eles concluiam num estudo que também a obesidade é algo genético e não podemos fugir muito ao “peso natural” de cada um. Isto é, cada qual nasce com um peso genético. Durante a vida podemos fazer altas dietas para emagrecer (ou até engordar) que a tendência será voltar ao “nosso peso”. Eles eram fatais: não há muito a fazer, só corrigir um pouqutio.

            Ora, eu acredito muito no genético, que já nascemos com muitas qualidades, mas não acredito tanto nesta da obesidade. Claro que já poderemos nascer com uma tendência para sermos mais ou menos gordos, mas mais determinante será o que comermos e o exercicio que fizermos, fora casos extremos.

            “Bigger than life” e não “fatter than life”.

publicado por antiego às 16:39
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
5 comentários:
De mesmo (m)eu a 10 de Fevereiro de 2009 às 16:53
Eu osu um bocadito assim...com excesso de energia...durmo 4 horas e acho uma eternidade...Sou capricórnio...Ah pois é.
Genética ou não, sou mãe de uma caçula Carneiro, que com 3 anos tem mais energia ainda que a mãe: faz karaté 2x por semana, ballet idem, ginástica, música e inglês 1x/semana, participa em todas as actividades da escolinha com mais «apetite» que a maioria dos coleguinhas...
Portanto se é genético não sei...
e somos «Bigger than life" também não sei
Se é genético ou não, idem,
acho que gostamos é de viver!
muito!
De antiego a 10 de Fevereiro de 2009 às 17:33
UI, que inveja. Capricórnio é terra.
Pelos vistos é genético :-)
De Anónimo a 4 de Julho de 2009 às 09:20
Engraçado , parecias-me mais interessante nos primeiros posts que li..."Semi-acredito na astrologia" , "acredito muito no genético, mas não tanto no aspecto da obesidade"? Por favor! A obesidade e tudo na dita Genética é um compromisso entre ambiente e hereditariedade e quando falam num peso "genético" e que o ambiente ( alimentação, exercício) poderá modelá-lo , mas que a tendência natural será voltar ao peso "genético", não percebo como é que te deixam margem para dúvidas. E dares mais crédito à Astrologia que a isso é de fugir ... Mesmo!
De antiego a 5 de Julho de 2009 às 01:35
Quais os posts que achaste mais interessantes?

O estudo que diz que a obesidade tem uma causa mais genética que ambiental, não é meu, nem eu o subscrevo. Acredito bastante no genético, mais: tenho a certeza absoluta que o genético tem um peso muito maior em nós do que as pessoas pensam. Mas também não vamos cair em exageros. Creio que a obesidade é mais uma questão de hábitos (bons ou maus) que genética.

Tive dificuldade em perceber o seu comentário.
De Anónimo a 8 de Julho de 2009 às 19:57
Pois imagino que tenhas tido dificuldade..." semi-acredito na astrologia", "isto do genético", qd se é leigo em determinado assunto e se mete a foice em seara alheia é o q acontece!

Comentar post

Contador Web
Contadores
online

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds