"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Lei do Ruído 2017

. Pretender

. FC Porto mais português!

. Os homens são todos iguai...

. Ninguém faz nada!

. A moda do brunch

. Lopetegui a treinador do ...

. Treinadores Portugueses

. Super-Mães

. Deve haver uma explicação

. E depois do Adeus

. Ginastica Mental

. Hino à prostituta

. Banco Alimentar

. Teoricamente barato

. Pessoas com Categoria

. UML: para pessoas que gos...

. 10 contra 11, não!

. Taxista Sportinguista

. Escolher um Bacalhau

. Só os Belos empacotam

. As leis não escritas

. EUA tinham que passar

. Programador burro

. Programador vs Eng. Softw...

. O Porto da minha Infãncia

. Fazer amigos

. Fui eu que inventei

. Pessoas bem-educadas

. Antigamente

. Jorge Jesus e P. da Costa

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. Ser Benfiquista

. Ninguém sabia o que fazer

. Almas Gémeas

. Aprendendo a ser Jovem

. Homens Misteriosos

. Depois de Babel

. Melhor que Telenovela

. 25 de Abril para os Joven...

. No meu tempo

. FC Porto vergonhoso

. O Canal Q e a cidade

. Pessimismo e conspiração

. A fugir do próprio Ego

. Rabos e rabinhos

. BCP é bom camarada

. Palpites

. O Drama dos Penalties

. Tratamento de Psicologia

.arquivos

. Março 2017

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009

Casamento Homossexual

            Quando vi anunciado na RTP 1 que o próximo programa de prós e contras ía ser sobre o casamento homossexual, disse:

- Vamos ver, vamo-nos rir a valer.

            Porquê? Porque a defender o absurdo aparecem sempre uns cromos tristes com argumentos estupidos e cá estamos nós para nos rirmos da estupidez das pessoas. O programa saiu melhor do que estava à espera porque a razão não só se defendeu com argumentos brilhantes, como também com um grande sentido de humor. Esta facção era  elevada, civilizada, relaxada e divertida. Enquanto a facção dos patetas se demonstrava irada, agressiva e desrespeitadora.

            E porque acontecia esta diferença entre atitudes divertidas e as iradas? Porque a inteligência se ri da estupidez. Porque o sentido de humor é uma forma de inteligência superior. Se a facção do contra desse largas ao seu sentido de humor, provavelmente contariam anedotas com paneleiros.

            Aqueles que estavam contra o casamento homossexual queriam deixar bem vincado que não tinham nada contra os homossexuais, só contra o seu casamento. Eu não tenho nada contra os negros, só não quero que uma filha minha se case com um deles.

            Claro que eles não íam admitir que os homossexuais são uma aberração da natureza, porque, hoje em dia, isso não é aceitável, não é politicamente correcto. Grandes hipócritas. A homofobia era evidente, mas um até se irou convulsivamente quando alguém disse que estavam a haver posições homofóbicas.

- Eu não lhe admito que me chame homofóbico !!!

            Sim, pode-me chamar abominador de casamentos homossexuais, mas homofóbico é que não!

            Enfim, este programa de pós e contras, dava para um post de um tamanho de um livro. Recomendo que assistam a este debate da RTP 1. Inteligência, comédia e sexo!

 

            Sempre dei ao casamento um sentido muito lato. Muito surpreso fiquei eu, quando numa conversa de amigos, me disseram que casamento pressupõe que há um homem e uma mulher. Bolas, que limitação !!! Para mim, casamento sempre foi uma coisa muito mais abrangente que isso. Casamento é a união de duas quaisquer coisas que ficam muito bem juntas. Estas duas cores casam bem. Grão-de-bico com Couscous dá um óptimo casamento! Se a janela do meu quarto gostar e quiser casar com o tacho da vizinha, e este também, pois que casem.

            Nunca vi o casamento como uma coisa só de homem e mulher. Casamento tem um significado muito mais vasto. Podem ver isso em qualquer dicionário. Casamento é união, aliança, junção. Concerteza o mundo heterossexual lhe deu esse cunho especifico. Agora, não queiram os heterossexuais apropriarem-se de uma palavra, de subverter um conceito.

- Fomos nós que inventamos o casamento, ele é nosso! Casamento é: a união entre um homem e uma mulher para fins procriativos.

            Provavelmente foram os heterossexuais que inventaram o sexo também.

            A palavra chave no casamento é o Amor. As pessoas devem casar porque se amam e querem viver a vida juntas.

            Há milhões de homossexuais que se amam e vivem juntos faz anos e anos. Eles já estão casados. A lei diz que não podem.

 

publicado por antiego às 12:31
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
8 comentários:
De Peter a 17 de Fevereiro de 2009 às 12:57
Na Gulbenkian está uma exposição a propósito do nascimento de Darwin .
Se a evolução quisesse homossexuais não tinha seguido pelo caminho dos sexos diferentes. Depois, com uniões entre seres sexualmente iguais, como é que procriavam os mamíferos ?? Nem sequer existíamos ! Um paradoxo !!!
Á maneira de português de velha cepa, gosto muito dum bocado de febra , mas detesto aberrações.
De antiego a 17 de Fevereiro de 2009 às 14:31
Que sabemos nós da evolução? Está então a dizer que o casamento existe para fins procriativos? Concorda com dois homossexuais viverem juntos? Concorda com a existência de homossexuais?
De Peter a 17 de Fevereiro de 2009 às 19:38
cada um é livre de fazer o que quer. Não deve é condicionar os outros. Sim, a evolução não foi por esse caminho.Ciao.
De antiego a 17 de Fevereiro de 2009 às 20:01
Então concorda que os heterossexuais noa devem condicionar os homossexuais, não é?
De R.Cheiros a 18 de Fevereiro de 2009 às 10:04
Gostei bastante do post e do sentido de humor implícito .
Cada vez acredito mais que sou uma pessoa lenta e muito limitada… é que ainda não consegui atingir onde é que o casamento entre duas pessoas do mesmo sexo ( sejam homens ou mulheres) pode interferir seja com quem for ou com a sociedade em que está inserido.
É pratica corrente a expressão: Não tenho nada contra a homossexualidade, mas…, com o casamento é que não concordo. Chamem-lhe o que quiserem… não casamento!
Acho que aqui é que está a chave da questão…. Porque? Mexe com o que..?
Começo a achar que existe por ai muita sexualidade mal resolvida e muitos “héteros” altamente duvidosos..
(Lá terão os seus prós e contras..)
Bom dia

De antiego a 18 de Fevereiro de 2009 às 13:32
Obrigado. Pois, não percebo essa embirração com o "não lhe chamem casamento"
De Maaf a 18 de Fevereiro de 2009 às 15:24
Nunca entendi!!!! Que comichão faz à sociedade o que se passa dentro da porta do vizinho???
Os homossexuais são e serão sempre homossexuais como os heterosexuais são heterosexuais?!?!
O casamento é apenas um papel....
Como tu dizes e bem os que vivem juntos e felizes já são casados!!!!
Então qual é que é a crise!?
Deixei-nos em paz!
De antiego a 18 de Fevereiro de 2009 às 15:58
Realmente, agora eu tenho um capricho sobre o nome dos filhos. Não gosto dos nomes Afonso e Tomás. Está a decretar que esses nomes são banidos e pronto.

Comentar post

Contador Web
Contadores
online

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds