"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Pretender

. FC Porto mais português!

. Os homens são todos iguai...

. Ninguém faz nada!

. A moda do brunch

. Lopetegui a treinador do ...

. Treinadores Portugueses

. Super-Mães

. Deve haver uma explicação

. E depois do Adeus

. Ginastica Mental

. Hino à prostituta

. Banco Alimentar

. Teoricamente barato

. Pessoas com Categoria

. UML: para pessoas que gos...

. 10 contra 11, não!

. Taxista Sportinguista

. Escolher um Bacalhau

. Só os Belos empacotam

. As leis não escritas

. EUA tinham que passar

. Programador burro

. Programador vs Eng. Softw...

. O Porto da minha Infãncia

. Fazer amigos

. Fui eu que inventei

. Pessoas bem-educadas

. Antigamente

. Jorge Jesus e P. da Costa

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. Ser Benfiquista

. Ninguém sabia o que fazer

. Almas Gémeas

. Aprendendo a ser Jovem

. Homens Misteriosos

. Depois de Babel

. Melhor que Telenovela

. 25 de Abril para os Joven...

. No meu tempo

. FC Porto vergonhoso

. O Canal Q e a cidade

. Pessimismo e conspiração

. A fugir do próprio Ego

. Rabos e rabinhos

. BCP é bom camarada

. Palpites

. O Drama dos Penalties

. Tratamento de Psicologia

. Crise e Poupança

.arquivos

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2009

Perguntar Ofende, sim

            Lembro da frase idiota “Perguntar não ofende” que era um dos gags de uma série cómica brasileira, talvez do Jô Soares. E lembro-me de como sempre discordei dela. Mais uma falácia. Ainda bem que não pegou moda, mas de certo deve ter sido repetida várias vezes pelos espectadores. É que esta cena das coisas que martelam na nossa cabeça, acabam por entrar. É uma praga. Quem já não ouviu vezes sem conta uma canção pimba na rádio, da qual não gosta nada, mas acaba por a cantarolar? Pois é, cuidado com as companhias ou ainda acabamos por pensar coisas de que nos enojamos. Sim, nós não controlamos lá muito os nossos pensamentos.

            Curtia ver o “Momento da Verdade”. O programa teve pouco tempo de vida na nossa televisão. Porque será? Disseram-me, e tem a sua lógica, que acabaram-se os casos escabrosos. Os candidatos que restaram tornaram-se desinteressantes, muito pouco apelativos à abutrice humana. Hmmm, já acreditei mais nisso. O único artigo que li sobre o programa dizia que cada vez havia mais candidatos. Com tantos candidatos e com um bocado de imaginação, aquilo ainda tinha muito para dar.

 

            Resta-me ver o “Momento da Verdade” americano que vai passando na SIC Radical. Há uma boa diferença entre este e o português. No português, a concorrente e sua familia são dissecados ao máximo. Chafurda-se na vida delas o que se puder. Depois de cada resposta, há 5 minutos de conversa e explicações. E o tempo para se dizer se a resposta é verdadeira ou falsa, é uma eternidade na versão portuguesa. Pois, o suspense. Na versão americana, é um instante. Na América é mais a despachar. Na maior parte das vezes, o concurrente dá a resposta e nem se quer saber de explicações, passa-se à pergunta seguinte.

            Isto acontece também porque, não se quer saber de explicações. A pergunta por si própria é muito grave. Às vezes nem a resposta interessa! A pergunta, por si só, é uma bomba. Mal a pergunta é feita, já está o mundo inteiro a julgar a pessoa. Depois venham-me dizer que perguntar não ofende, que são só perguntas.

 

            O que notei nos 2 ultimos programas de “o Momento da Verdade” é que os concurrentes tinham uma folha limpinha! Eram quase pessoas imaculadas, com pequenissimas fraquezas humanas.

            Mas o anúncio do programa era qualquer coisa do género:

- Vejam como esta pergunta pode (ou vai) desfazer um casamento: se soubesse que não seria apanhada, dormiria com o seu ex-namorado?

 

            Ao ver o programa inteiro constatei que esta e outras perguntas igualmente graves, foram colocadas, mas… a concurrente, depois de pensar durante 1 minuto, respondeu negativamente e o poligrafo acusou verdade.

 

            Ou seja, parece que se acabaram os pecadores americanos, e então o programa aposta em sugestionar cenários escabrosos para os seus concurrentes. Ou seja, o programa agora diverte-se a insultar os seus concurrentes.

publicado por antiego às 12:57
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
2 comentários:
De Maaf a 5 de Março de 2009 às 15:38
Em Português só vi o programa 1 vez mas ouvi a polemica que dava durante 15 dias....

Realmente o americano é muito mais fixe!

O apresentador tem a delicadeza de a cada pergunta que seja muito intima não fazer comentários ou perguntas!!!

E tens razão, são muito mais ao despacha... querem lá saber que se saibam que dormiram com o regimento de bombeiros, estão lá para ganhar dinheiro!

Não sei o que espanta tanto as pessoas em Portugal... se o facto de serem realmente "santos" ou se os que foram ao programa, de certa forma, desmacaram um pouco de todos nós!!!
De antiego a 5 de Março de 2009 às 16:56
A Malta curte é a desgraça alheia. Acho que ninguém se revê nos espectadores. Eles não nos desmascaram.

Comentar post

Contador Web
Contadores
online

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds