"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Pretender

. FC Porto mais português!

. Os homens são todos iguai...

. Ninguém faz nada!

. A moda do brunch

. Lopetegui a treinador do ...

. Treinadores Portugueses

. Super-Mães

. Deve haver uma explicação

. E depois do Adeus

. Ginastica Mental

. Hino à prostituta

. Banco Alimentar

. Teoricamente barato

. Pessoas com Categoria

. UML: para pessoas que gos...

. 10 contra 11, não!

. Taxista Sportinguista

. Escolher um Bacalhau

. Só os Belos empacotam

. As leis não escritas

. EUA tinham que passar

. Programador burro

. Programador vs Eng. Softw...

. O Porto da minha Infãncia

. Fazer amigos

. Fui eu que inventei

. Pessoas bem-educadas

. Antigamente

. Jorge Jesus e P. da Costa

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. Ser Benfiquista

. Ninguém sabia o que fazer

. Almas Gémeas

. Aprendendo a ser Jovem

. Homens Misteriosos

. Depois de Babel

. Melhor que Telenovela

. 25 de Abril para os Joven...

. No meu tempo

. FC Porto vergonhoso

. O Canal Q e a cidade

. Pessimismo e conspiração

. A fugir do próprio Ego

. Rabos e rabinhos

. BCP é bom camarada

. Palpites

. O Drama dos Penalties

. Tratamento de Psicologia

. Crise e Poupança

.arquivos

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Terça-feira, 12 de Maio de 2009

Viver e não Existir

            E se eu estivesse convicto que era uma pessoa muito interessante, inteligente, boa, muito sensível, com um grande sentido de humor, humilde e com boa aparência, MAS alguém tivesse a coragem de me dizer que eu era fortemente estúpido, de vistas curtas, com um sentido de humor vulgar, que eu era um grandessíssimo egoísta frágil e egocêntrico (ao invés de ser uma pessoa sensível), um grande arrogante, um gajo que tem a mania que sabe muito mas é deveras limitado, um tipo com um mau carácter muito vincado que se manifesta frequentemente com sentimentos mesquinhos como a inveja, o deleite pela desgraça alheia, pelo mexerico barato e completo desrespeito pela vida do proximo, pelo materialismo, que não tenho nobreza de espírito, nem muitos valores me movem, excepto o dinheiro que me dá a volta à cabeça, como acontece a muitas outras pessoas, que eu próprio critico mas longe de me rever nesse sentimento mesquinho pelo dinheiro, e, para acabar, que a minha aparência física é normal?

 

            Eu aceitaria a critica, mas responderia peremptoriamente, continuando muito convicto (o que revela personalidade forte)  que não concordo, por que vistas bem as coisas eu sou mesmo… assim. Que eu me conheço muito bem, melhor do que ninguém.

 

            E se as criticas que me fizeram correspondessem em grande parte à verdade? E se na verdade eu era uma espécie de concorrente ao concurso “Ídolos” com uma apresentação e voz sofríveis? Porventura uma autêntica vitima de amigos patético-simpáticos, ou graxistas manipuladores ou cínicos gozões que nunca tiveram a coragem, a atenção ou o cuidado de manifestarem a sua opinião mais sincera de que a minha voz não é assim tão boa.

 

            Ora, se ouvir tais opiniões sobre mim eu não aproveitasse para me pôr em causa, para parar e pensar, perdia uma grande oportunidade na existência de me conhecer a mim próprio, de me limar um pouco, colmatar melhor as minhas limitações, porventura de evoluir. E a minha vida continuaria a ser uma autêntica Farsa.

 

publicado por antiego às 22:24
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
3 comentários:
De Cláudia Oliveira a 18 de Maio de 2009 às 15:45
Achei este post mto interessante, sem dúvida. Gostei do que li agora. Vai direito para os meus links. Espero continuar a ler coisas boas.
De antiego a 18 de Maio de 2009 às 21:22
Obrigado pelo teu rasgado elogio. É um óptimo incentivo para continuar. Bolas, em cerca de 1 semana foi único comentário que tive, depois de uns 3 posts. Já vi que tens vários blogs. Qual é o actual?
De Cláudia Oliveira a 19 de Maio de 2009 às 11:50
ola,
nada é por acaso.. toca a escrever entao.
eu fui ao tver o teu perfil e tens la adicionado todos os mesu blogs. achei estranhissimo visto que nunca te vi por la.

o actual é

http://maufeitio3.blogs.sapo.pt

Comentar post

Contador Web
Contadores
online

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds