"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Lei do Ruído 2017

. Pretender

. FC Porto mais português!

. Os homens são todos iguai...

. Ninguém faz nada!

. A moda do brunch

. Lopetegui a treinador do ...

. Treinadores Portugueses

. Super-Mães

. Deve haver uma explicação

. E depois do Adeus

. Ginastica Mental

. Hino à prostituta

. Banco Alimentar

. Teoricamente barato

. Pessoas com Categoria

. UML: para pessoas que gos...

. 10 contra 11, não!

. Taxista Sportinguista

. Escolher um Bacalhau

. Só os Belos empacotam

. As leis não escritas

. EUA tinham que passar

. Programador burro

. Programador vs Eng. Softw...

. O Porto da minha Infãncia

. Fazer amigos

. Fui eu que inventei

. Pessoas bem-educadas

. Antigamente

. Jorge Jesus e P. da Costa

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. Ser Benfiquista

. Ninguém sabia o que fazer

. Almas Gémeas

. Aprendendo a ser Jovem

. Homens Misteriosos

. Depois de Babel

. Melhor que Telenovela

. 25 de Abril para os Joven...

. No meu tempo

. FC Porto vergonhoso

. O Canal Q e a cidade

. Pessimismo e conspiração

. A fugir do próprio Ego

. Rabos e rabinhos

. BCP é bom camarada

. Palpites

. O Drama dos Penalties

. Tratamento de Psicologia

.arquivos

. Março 2017

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Segunda-feira, 31 de Agosto de 2009

Quando parei eu de crescer?

            Na vida, como em tudo, nós parecemos ter um limite na nossa evolução pessoal, na nossa evolução espiritual. Em Filosofia, poderiamos chamar a esta evolução de ontogenética.

            A maior parte dos humanos pára o seu desenvolvimento quando? Vamos atirar uma idade para o ar. Eu diria que as pessoas, em média, param de crescer para aí quando atingem os 30 anos. Muitos param de amadurecer aos 18 anos, ficando com uma mentalidade adolescente para toda a vida. Outros há que param de crescer aos 7 anos, ficando intragavelmente infantis até morrer.

            Hermann Hesse diz no seu livro Sidarta: o conhecimento pode-se transmitir, mas a sabedoria não (não vale mesmo a pena ler o livro, ele resume-se a esta máxima). Deste modo, é possivel haver gente que não aprende nada a partir dos seus 15 anos, apenas podem ir acumulando conhecimentos. O máximo a que podem aspirar é a tornarem-se em boas enciclopédias humanas, mas nunca em pessoas verdadeiramente cultas.

            Há um caso que acontece muitas vezes: aquelas pessoas que não gozaram a sua adolescência no seu tempo devido, que é entre os 12 e os 20 anos, mas que vão viver essa puberdade numa idade mais tardia, nos seus vinte e muitos ou trintas. A fase da adolescência é crucial para o desenvolvimento humano. As crises da adolescência é que vão formatar a personalidade. Geralmente, quem não viveu a sua adolescência na idade devida, são jovens que tiveram a sorte de não terem essas crises. A vida correu-lhes bem demais quando eram adolescentes. Eles não pararam para pensar porque não precisaram. Ao invés de serem alvos de criticas ou até da crueldade infantil dos adolescentes, eram uns miúdos mimados. Isto é perigoso porque não vão desenvolver sensibilidade nenhuma e ficarão mais frágeis à adversidade. Numa idade mais avançada, quando se depararem com problemas ou com o tédio, eles vão entrar, um bocado pateticamente, na fase da adolescência.

 

            Há o personagem do burro velho que não aprende mais e pior: não quer aprender mais. Os próprios dizem que são assim e pronto (será lei do menor esforço ou exaustão?). Deve ainda haver a figura mais caricata do velho maduro que senão sabe tudo, sabe incomparavelmente mais que os outros. Para quê aprender mais se ocupa o 1º lugar da tabela? Ninguém espera que alguém com mais de 60 anos mude a sua maneira de ser.

 

A minha ambição é poder continuar a evoluir mesmo com 70 anos. E para isso, tenho a sorte de ter conhecido as pessoas que conheci, e conto com as pessoas que eu amo e que me amam. Porque acredito inteiramente que: Só se aprende com as pessoas que se ama.

publicado por antiego às 02:33
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
3 comentários:
De Paty a 1 de Setembro de 2009 às 00:20
Passei só para te informar que gosto muito do blog e hoje faço uma homenagem a ele indicando-o para o blog day, parabéns!!!
http://brechodovale.blogspot.com/2009/08/minhas-indicacoes-para-o-blog-day.html
beijinhos, Paty
brechodovale.blogspot.com
De antiego a 1 de Setembro de 2009 às 11:01
Muito Obrigado paty :*

Isto é um mimo enorme, sobretudo para quem não tem tido muitos comentários (ok, as férias). Beijos
De Anónimo a 4 de Outubro de 2009 às 22:03
Como sempre, muito bom o post.

Os burros velhos e os velhos maduros são o lugar comum, é verdade. Os que não seguem essa regra e mantêem a ambição de continuar a evoluir, são os excentricos.
Os velhinhos de 80 anos que compram um computador e se querem tornar experts em informatica, vêm os programas da moda em vez da Julia Pinheiro, compram uns patins em linha e vão com os netos aprender a andar neles para o parque das nações, e acima de tudo que ainda conseguem questionar as suas atitudes ou posturas e molda-las. Isso é obra nessa idade!

Só não concordo que só se aprenda com as pessoas que amamos ou nos amam.
Os que nos detestam por vezes ensinam-nos muito mais do que queremos admitir.

Comentar post

Contador Web
Contadores
online

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds