"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Pretender

. FC Porto mais português!

. Os homens são todos iguai...

. Ninguém faz nada!

. A moda do brunch

. Lopetegui a treinador do ...

. Treinadores Portugueses

. Super-Mães

. Deve haver uma explicação

. E depois do Adeus

. Ginastica Mental

. Hino à prostituta

. Banco Alimentar

. Teoricamente barato

. Pessoas com Categoria

. UML: para pessoas que gos...

. 10 contra 11, não!

. Taxista Sportinguista

. Escolher um Bacalhau

. Só os Belos empacotam

. As leis não escritas

. EUA tinham que passar

. Programador burro

. Programador vs Eng. Softw...

. O Porto da minha Infãncia

. Fazer amigos

. Fui eu que inventei

. Pessoas bem-educadas

. Antigamente

. Jorge Jesus e P. da Costa

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. Ser Benfiquista

. Ninguém sabia o que fazer

. Almas Gémeas

. Aprendendo a ser Jovem

. Homens Misteriosos

. Depois de Babel

. Melhor que Telenovela

. 25 de Abril para os Joven...

. No meu tempo

. FC Porto vergonhoso

. O Canal Q e a cidade

. Pessimismo e conspiração

. A fugir do próprio Ego

. Rabos e rabinhos

. BCP é bom camarada

. Palpites

. O Drama dos Penalties

. Tratamento de Psicologia

. Crise e Poupança

.arquivos

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Segunda-feira, 9 de Novembro de 2009

Sorte Cedo Demais

            Há canções pelas quais nos apaixonamos e ficam a fazer parte de nós. E essas canções são tão ricas que acontece passarem anos até nos apercebermos que elas têm outra leitura. Podem passar anos e eureka! Conseguimos compreende-las melhor, descobrindo uma nova interpretação, com algo que vimos ou vivemos no mundo real. São canções que são um tratado e uma lição de vida.

            Uma canção não se pode chamar canção senão tiver uma boa letra.

            Descobri os Pulp quando fui viver para Inglaterra. Boa batida, bom pop Alternativo, nem considero a voz muito boa, é normal. Letras muito bem escritas e aquela enignmática recomendação em todos os CDs:

- Não leia as letras enquanto estiver a ouvir as canções.

 

            È um grupo que tem a preocupação e sabe que tem boas letras.

            Uma das emoções que os Pulp cantam muito é a obessessão. Ela é relatada, por exemplo, em Countdown. É uma história ofegante de um rapaz que procura a sua ex namorada. É uma canção Come back to me/I Want you back  ou, como dizem os GNR, I want your back. Só que gajo está completamente flashado, já a procura por tudo quanto é Reino Unido e a coisa era para ontem. Mais grave só o Jay-Jay Johanson, que só por uma troca de olhares, apaixona-se e procura uma gaja pelo mundo inteiro em Jay Jay JohansonMilan, Madrid, Chicago, Paris.

 

            No refrão, ele canta esta frase:

 

Time, of my life, oh I think you came too soon.

 

            Qual é a coincidência com a vida real? É um gajo conhecer demasiado cedo a mulher ideal. Imaginem-se com 17 anos e a vossa primeira namorada é uma rapariga de sonho. Querem casar com ela? Toda a gente diz que somos uns bébés para isso. E se tiveres 24 anos? Eina, tão cedo, só uma namorada… quero conhecer mais do mundo, sou muito novo para me enforcar. Que raio de Curriculo, Namoradas: uma. O mais engraçado é que como tive só uma namorada, naturalmente imagino que todas são assim.

            Vou partir, quero conhecer mundo, o futuro a deus pertence, isto há-de aparecer outra namorada, talvez melhor. É tempo de circular. Também já estava a ficar farto, até tem a sua piada.

 

            É uma questão de saber dar valor.

 

I've got to meet you and find you and take you by the hand oh my God my God
You've got to understand that I was seventeen

 

tags: , ,
publicado por antiego às 00:19
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
20 comentários:
De tou anónima, não me chamo helena a 9 de Novembro de 2009 às 00:28
Sorte cedo demais.
É uma questão de saber dar valor.
Brilhante este post!
De antiego a 9 de Novembro de 2009 às 00:34
Obrigado. E só aprendemos a dar valor com a idade. Alguns de nós.
De Ella a 10 de Novembro de 2009 às 10:24
Para mim tenho a certeza que foi cedo demais.
Não me vou armar em queixinhas mas...
Ok. Vou ser queixinhas
.
Gostava de ter conhecido outras pessoas e outras formas de amar/gostar, antes desta "para todo o sempre". Antes do, tal como no mais recente casamento da anatomia de grey, amar mesmo quando não se ama.

Enfim, ninguém está satisfeito com aquilo que tem. Não totalmente, pelo menos. Mas, também é verdade que, quanto mais tempo passa mais valor dou ao que tenho.
De antiego a 10 de Novembro de 2009 às 11:25
Não se pode ter tudo. No teu caso parece que foi mesmo muita sorte.
De tou anónima, não me chamo helena a 10 de Novembro de 2009 às 20:05
Dah...podes crer. Mesmo muita sorte. Muita gente daria o cú e dez tostões por ter tido a sorte de poder ter essa sorte logo à primeira.

De antiego a 10 de Novembro de 2009 às 21:01
Dariam agora, mas quando tivessem 17 anos se calhar não davam o valor na mesma.
De Ella a 10 de Novembro de 2009 às 21:23
Sim, eu sei.
Não quero fazer aquela figura da qual se diz: "Dá Deus nozes a quem não tem dentes."
Se o início foi um espectáculo, nem sempre as coisas correram dessa forma. Passámos por uma quantidade de coisas menos boas que, acredito, poderiam ter sido evitadas ou relativizadas, se tivessemos tido outra entrada no mundo adulto.
Ou seja, acredito que uma adolescência e um início de vida adulta, percorrendo todas as etapas, nos ajuda a crescer mentalmente, a sermos melhores pessoas e a estarmos melhor preparados para a vida.
Acredito que na vida as coisas têm uma ordem lógica e uma altura certa.
(OK, a altura certa depende das pessoas. Certo, acredito vivamente nisto.)
Fechámo-nos demasiado um no outro e, embora fizesse sentido na altura dado o que sentiamos, com o tempo veio a revelar-se menos positivo.
Só neste aspecto é que julgo não ter sido uma mais valia.
Isto também é capaz de ser resultado de pensar demasiado nas coisas.
Será?
Loiras a pensar muito...
Ainda por cima teimosas...
De tou anónima, não me chamo helena a 10 de Novembro de 2009 às 22:06
Faz algum sentido o que dizes.
Por outro lado, passaram esses maus bocados mesmo sem essas experiencias de vida e estão ai juntos, não é?

Quem fica a ganhar? Tu que não viveste essas coisas mas tens a "sorte" contigo, ou quem viveu isso tudo e ainda não foi sorteado? :)
De Ella a 10 de Novembro de 2009 às 22:10
Esqueceste-te de dizer:
Toma. Embrulha.
rsrsrsrsrsrsrsrsrs
De tou anónima, não me chamo helena a 10 de Novembro de 2009 às 22:11
Pois esqueci......

Toma! Embrulha!
De tou anónima, não me chamo helena a 10 de Novembro de 2009 às 22:13
Olha..não me leves a mal, mas não vou passar outra vez aqui a noite contigo.

Quando vi o teu post, pensei: É ella! É Ella! Issto vai descambar outra vez!
De Ella a 10 de Novembro de 2009 às 22:18
lllllllllllllllllooooooooooooollllllllllllllllllllll
Percebi-te.

Não te preocupes.
Hoje tenho mesmo que deitar cedo.
Além disso não quero correr o risco de ser expulsa.

E como ainda não li os post todos...
De Ella a 10 de Novembro de 2009 às 22:14
Au.

Já estava à espera mas mesmo assim...

lol

De tou anónima, não me chamo helena a 10 de Novembro de 2009 às 22:15
Mas a tua presença neste post faz todo o sentido, sabes?

Dado o teu percurso.
Afinal a tua sorte não foi cedo demais. :)
De Ella a 10 de Novembro de 2009 às 22:28
Encontrar aos 15 o grande amor da nossa vida.

Fazer a descoberta a dois é realmente interessante.
Surgem até episódios muito interessantes e hilariantes fruto da inexperiência e da azelhice.
Vivências que, numa idade mais madura, não fariam o mesmo sentido.
É certo.
Nesse ponto é, sem dúvida nenhuma, uma vantagem.
De antiego a 10 de Novembro de 2009 às 23:43
Aos 15 anos !!!!!!!!!!!! Isso não é sorte, isso é a o jackpot do Euromilões para os milhões de pessoas que passaram a adolesência a sofrer.
De tou anónima, não me chamo helena a 11 de Novembro de 2009 às 00:07
É que é mesmo! Com estrelas e tudo.

(Ella já se foi embora? Não nos podem deixar aqui sozinhas as 2...)
De Ella a 11 de Novembro de 2009 às 14:21
Xiiii.
Estou marcada.
Porto-me assim tão mal?
llllllllllllllllloooooooooolllllllllllllll
De antiego a 11 de Novembro de 2009 às 14:58
Estejam á vontade, gosto de vos receber. Que isto seja uma espaço de alegre convivio.
De tou anónima, não me chamo helena a 9 de Novembro de 2009 às 00:34
Já dizia o António Aleixo

"Que diriam do honesto
se não houvesse o velhaco
o forte vale, e de resto
o seu valor vem do fraco"

A relatividade dos valores.

Sem termo de comparação não se valoriza o que se tem.

Comentar post

Contador Web
Contadores
online

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds