"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Lei do Ruído 2017

. Pretender

. FC Porto mais português!

. Os homens são todos iguai...

. Ninguém faz nada!

. A moda do brunch

. Lopetegui a treinador do ...

. Treinadores Portugueses

. Super-Mães

. Deve haver uma explicação

. E depois do Adeus

. Ginastica Mental

. Hino à prostituta

. Banco Alimentar

. Teoricamente barato

. Pessoas com Categoria

. UML: para pessoas que gos...

. 10 contra 11, não!

. Taxista Sportinguista

. Escolher um Bacalhau

. Só os Belos empacotam

. As leis não escritas

. EUA tinham que passar

. Programador burro

. Programador vs Eng. Softw...

. O Porto da minha Infãncia

. Fazer amigos

. Fui eu que inventei

. Pessoas bem-educadas

. Antigamente

. Jorge Jesus e P. da Costa

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. Ser Benfiquista

. Ninguém sabia o que fazer

. Almas Gémeas

. Aprendendo a ser Jovem

. Homens Misteriosos

. Depois de Babel

. Melhor que Telenovela

. 25 de Abril para os Joven...

. No meu tempo

. FC Porto vergonhoso

. O Canal Q e a cidade

. Pessimismo e conspiração

. A fugir do próprio Ego

. Rabos e rabinhos

. BCP é bom camarada

. Palpites

. O Drama dos Penalties

. Tratamento de Psicologia

.arquivos

. Março 2017

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Terça-feira, 15 de Dezembro de 2009

Nada como um decote

            Há mulheres que em determinados periodos da vida querem apenas chamar à atenção dos machos. Vai daí que gastam muito dinheiro na sua imagem. Cabeleireiro, depilação, roupas caras, sei lá que mais. E a maquilhação? Todas as mulheres que eu costumava as ver maquilhadas e um dia as vi sem maquilhagem ficavam, sem comparação, melhor sem a maquilhagem. Falo de raparigas jovens.

            Deve ser preconceito meu, os arranjos no cabelo e a maquilhagem, sem serem discretos, dão um ar de vacalhona à mulher.

 

            Para esse objectivo, um ligeiro decote é coisa muito mais barata e muito mais eficaz.

 

            Como é sabido, os homens nem reparam se a mulher foi ao cabeleireiro e mudou a cor do cabelo. Roupa? Devem estar a brincar. Quem quer ver roupa numa mulher? A maior parte dos homens não trabalha na area da moda.

 

            Ainda há pouco tempo li uma frase engraçada num blog: “Com o decote certo uma mulher pode dominar o mundo”.

 

            Li também, em blogs, como as mulheres investem imenso dinheiro na sua imagem e em roupa, sem saberem que os homens não ligam nada a esses apendices. Leva-me até a crêr que é mais terapia de shopping do que realmente vontade de acasalar. E também que as mulheres vestem-se é para si próprias e para as apreciadoras que são, afinal, as outras mulheres.

tags: ,
publicado por antiego às 15:23
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
15 comentários:
De tou anónima, não me chamo helena a 15 de Dezembro de 2009 às 21:14
É oficial.
Vestimo-nos, e falo dos casos que conheço, para nós mesmas e umas para as outras.
Não tenhas duvidas de que aquela nossa colega vai logo reparar se aqueles sapatos novos são prada ou made in taiwan.

Penso, que na maior parte dos casos a mulher está consciente de que os homens não vão reparar nesses pormenores, embora eles realmente estejam convencidissimos de que gastamos dinheiro com o único objectivo de os agradar.

A verdade é que sabemos que, salvo rarissimas excepções, eles vão reparar no tal decote e não na marca da camisola.

Quanto às pinturas, acho que não és caso unico. Dos homens que conheço/conheci contam-se pelos dedos os que preferem uma mulher maquilhada a uma com um ar fresco e natural.

O mesmo em relação ao cabelo, sem duvida.

Embora nesse ponto esteja convencida de que a maior parte das mulheres que até estão conscientes da tal situação do decote estão convencidas de que a pintura as favorece perante o olhar masculino.
De antiego a 15 de Dezembro de 2009 às 22:17
Grande contributo a este tema, sim senhora.

Para ser perfeito só faltava explorares mais o decote.
De tou anónima, não me chamo helena a 16 de Dezembro de 2009 às 00:30
O decote.....
Para não entrar no tal rotulo da profissional não deve ser demasiado obvio.

É suposto ser uma coisa sensual, um digestivo para abrir o apetite e não um prato pronto a servir(comer).

Um decote que dê um pequeno vislumbre deixando para a imaginação o trabalho de adivinhar o que está tapado.

Acho que é disso que eles gostam. pelo menos eu estou convencida que sim...
De tou anónima, não me chamo helena a 15 de Dezembro de 2009 às 21:18
Haja qualquer coisa em que fico em vantagem!
O meu cabelo é "impentiàvel" e só me pinto à risca quando o rei faz anos.

Fico-me por uma coisinha muito ligeira, e mesmo isto não todos os dias, e só há muito pouco tempo, até aos 30 nem isso.
De Ella a 17 de Dezembro de 2009 às 21:00
Belo post. Gostei.

As mulheres vestem-se para se sentirem bonitas e agradáveis.
As que se vestem unica e exclusivamente para agradar aos homens têm um nome, bastante prejurativo, diga-se.
E sim, é verdade, é mais fácil uma outra mulher reparar numa qualquer mudança que se faça, seja roupa, calçado, maquiagem, perfume ou penteado, que um homem.
O que não invalida que se goste de ouvir um elegante comentário lisonjeiro.

Quanto ao decote.
O poder da mente e da imaginação é maior que qualquer outra coisa.
Tão normal como preferir ler um livro em vez de ver o filme é apreciar um decote moderadamente revelador em vez de um escancaradamente revelador.
Os decotes sensuais oferecem a possibilidade de cada um construir mentalmente as imagens e as sensações que mais lhe agradam e excitam. Apelam à imaginação.
Em certas circunstâncias quase que são obras de arte. eheheheheh
De antiego a 17 de Dezembro de 2009 às 22:37
Benvinda.

Ui, a falar assim de decotes... agora que regressaste, já tiveste com a Helena?

Gostei do decote "escancaradamente revelador".
De tou anónima, não me chamo helena a 19 de Dezembro de 2009 às 19:56
Não...não nos temos encontrado as duas...já estou com saudades dos serões...sniff

De Ella a 19 de Dezembro de 2009 às 21:48
Grandes noitadas...
Que terminaram com "medo" de ser convidada a não voltar a pôr os pés por estas bandas.
eheheheheh

Temos que repetir.
bj
De tou anónima, não me chamo helena a 21 de Dezembro de 2009 às 20:59
Ah pois temos!
Já tenho saudades de me falares ao ouvido. lol

Mas segui o teu conselho de mostrar o lado pior nos primeiros encontros e parece que funcionou...tenho andado com menos tempo livre!
De Ella a 22 de Dezembro de 2009 às 12:45
Óptimo.
Fico feliz por saber.
A melhor parte bem a seguir.
Quando se mostra que no meio de toda a loucura do dark side existe afabilidade, doçura...
Como que a premiar ou recompensar...
Tipo um oásis no meio de um deserto.
eheheheh
Esquece as últimas duas frases.
Mais parecem diarreia mental.
Já agora, aproveitando o tema do post...
Um decote bem escolhido faz milagres.
lol
De princesa_de_cristal a 29 de Dezembro de 2009 às 11:23
Olá. Já há mt tempo q n passava aki no blog. Deparei-me com este post. Sim, nós mulheres ligamos à imagem. Sim, mts de nós gastam demais. Sim, as compras podem ser uma terapia anti- stress do melhor. Mas eu gostava de ver um homem interessar-se por uma mulher tipo Tarzan da selva, sem idas à depilação, cabeleireiro e outros afins. E acredita q n sou daquelas q defendem a superprodução feminina, mas a sociedade masculina, leva as mulheres a fazerem isso.
De antiego a 8 de Janeiro de 2010 às 01:02
LOL, a velha cantiga da vitima.
De tou anónima, não me chamo helena a 2 de Março de 2010 às 19:23
Lol, princesa de Cristal....não é a sociedade masculina que nos obriga a depilar ou a passar horas no cabeleireiro. Nós é que somos vaidosas e competitivas.
E além disso, quem é que educa os nossos homens, não são mulheres? :)
De antiego a 3 de Março de 2010 às 11:34
Ó Ó, e tanto machismo se vê nas mulheres. Deve ser porque há mães morrem de medo de ter um filho paneleiro.
De Ella a 4 de Março de 2010 às 11:15
Tem graça.
Sempre achei que esse problema fosse maior dentro do reino masculino.
Penso e acredito piamente que os homens têm mais medo/receio/repugnância com a homossexualidade masculina que as mulheres com qualquer tipo de orientação sexual.
Os homens - regra geral - são mais preconceituosos nesta área.
Felizmente parece estar a surgir uma mudança de mentalidades.
Bem vinda a tolerância.
Love is in the air.

Comentar post

Contador Web
Contadores
online

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds