"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Lei do Ruído 2017

. Pretender

. FC Porto mais português!

. Os homens são todos iguai...

. Ninguém faz nada!

. A moda do brunch

. Lopetegui a treinador do ...

. Treinadores Portugueses

. Super-Mães

. Deve haver uma explicação

. E depois do Adeus

. Ginastica Mental

. Hino à prostituta

. Banco Alimentar

. Teoricamente barato

. Pessoas com Categoria

. UML: para pessoas que gos...

. 10 contra 11, não!

. Taxista Sportinguista

. Escolher um Bacalhau

. Só os Belos empacotam

. As leis não escritas

. EUA tinham que passar

. Programador burro

. Programador vs Eng. Softw...

. O Porto da minha Infãncia

. Fazer amigos

. Fui eu que inventei

. Pessoas bem-educadas

. Antigamente

. Jorge Jesus e P. da Costa

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. Ser Benfiquista

. Ninguém sabia o que fazer

. Almas Gémeas

. Aprendendo a ser Jovem

. Homens Misteriosos

. Depois de Babel

. Melhor que Telenovela

. 25 de Abril para os Joven...

. No meu tempo

. FC Porto vergonhoso

. O Canal Q e a cidade

. Pessimismo e conspiração

. A fugir do próprio Ego

. Rabos e rabinhos

. BCP é bom camarada

. Palpites

. O Drama dos Penalties

. Tratamento de Psicologia

.arquivos

. Março 2017

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Quinta-feira, 25 de Março de 2010

Relógios por todo o lado

Não proponho que sejamos como a Suiça… bem, por acaso, nem era mal visto. Pronto, não proponho que sejamos paranoicos como os Suiços, mas adoptar boas práticas e costumes de outros povos, poderia nos facilitar a vida.

Tenho reparado que há muitos poucos relógios nos lugares públicos portugueses. Bem precisavamos, pois temos uma média de atraso que é um insulto ao próximo.

No outro dia estava no hospital, à espera de uma consulta, e relógio nem vê-lo. Qual é a ideia? Não calcular o atraso do atendimento do médico? Ou de uma maneira mais filosófica: liberta-te das amarras do tempo, parte essa algema que é o teu relógio de pulso e vive como se este fosse o teu último dia?

 

Os relógios são altamente, são amigos do homem. Sem eles, é o desnorte, o principio do caos. Além disso, os relógios distraiem. Está um gajo sem saber o que fazer e… tunga, olha para o relógio. Está um gajo sem saber o que dizer e aponta para o relógio da parede e diz:

- Ei, estou atrasado meia-hora, tenho que vazar !!

E despachamos a pessoa com uma boa desculpa.

 

Se eu tivesse uma casa pública, um café, um consultório, não deixaria de colocar um belo de um relógio, bem visivel, para os meus clientes.

Mais estranho é as empresas que não têm relógios. Eu punha logo um à entrada a lembrar do atraso dos meus empregados. E um relógio atrasado 10 minutos em cada gabinete. Punha um relógio no bar da empresa para lembrar os trabalhadores o quanto tempo estão lá a pastar e que há trabalho por fazer.

 

Imagine que assiste a um acidente e até é daqueles tótós que está disposto a testemunhar no tribunal. Se lhe perguntarem a que horas foi, se tiver um baita relógio naquela praça do desastre, as chances de se lembrar com mais precisão, serão maiores.

publicado por antiego às 13:24
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
1 comentário:
De tresgues a 26 de Março de 2010 às 09:46

(Embora eu adore andar sem horas...)

Comentar post

Contador Web
Contadores
online

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds