"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Lei do Ruído 2017

. Pretender

. FC Porto mais português!

. Os homens são todos iguai...

. Ninguém faz nada!

. A moda do brunch

. Lopetegui a treinador do ...

. Treinadores Portugueses

. Super-Mães

. Deve haver uma explicação

. E depois do Adeus

. Ginastica Mental

. Hino à prostituta

. Banco Alimentar

. Teoricamente barato

. Pessoas com Categoria

. UML: para pessoas que gos...

. 10 contra 11, não!

. Taxista Sportinguista

. Escolher um Bacalhau

. Só os Belos empacotam

. As leis não escritas

. EUA tinham que passar

. Programador burro

. Programador vs Eng. Softw...

. O Porto da minha Infãncia

. Fazer amigos

. Fui eu que inventei

. Pessoas bem-educadas

. Antigamente

. Jorge Jesus e P. da Costa

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. Ser Benfiquista

. Ninguém sabia o que fazer

. Almas Gémeas

. Aprendendo a ser Jovem

. Homens Misteriosos

. Depois de Babel

. Melhor que Telenovela

. 25 de Abril para os Joven...

. No meu tempo

. FC Porto vergonhoso

. O Canal Q e a cidade

. Pessimismo e conspiração

. A fugir do próprio Ego

. Rabos e rabinhos

. BCP é bom camarada

. Palpites

. O Drama dos Penalties

. Tratamento de Psicologia

.arquivos

. Março 2017

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Segunda-feira, 3 de Maio de 2010

1. Poupança - Feiras...

Já contei aqui em como uma vez vi uma economista, especialista em poupança, a ser entrevistada na TV sobre a matéria e as pessoas ficaram a saber o mesmo. Ou seja, não disse nada de jeito, pior que clichés, disse clichés evasivos.

Disse para mim mesmo que um dia iria dar o meu testemunho sobre a poupança e quiça trocar ideias com os leitores do post.

Aqui vai:

 

1 – Feiras.

 

As feiras de roupa são mais desagradáveis de frequentar que lojas num belo centro comercial. Uma multidão, barulho, encontrões, e muito tempo a procurar artigos que valham a pena. É dificil, mas há sempre uma barraca que, de facto, tem uma óptima razão entre preço e qualidade. Geralmente são restos de colecção de boas casas e até boas marcas.

 

Encontram-se peças de roupa de criança a 1 e 2 euros, quando estavam marcadas na loja de 7 a 17 euros (não, não creio que eles inventem as etiquetas).

É investir uma manhã de Domingo.

 

Para quem gosta de shopping, pode visitar as feiras frequentemente, um vez por mês e ver como param as coisas. Até pode vir sem nada da feira, mas acho que vale a pena investir para achar autênticas pechinhas.

 

Só é pena que os portugueses sejam estupidamente garganeiros. Os portugueses querem-se livrar dos seus pertencentes em 2ª mão por preços incrivelmente injustos. A segunda mão em Portugal não compensa, porque o português acha-se o melhor negociante do mundo e estica os preços para lá do limite do razoável.

Se eu fosse vender a uma feira da ladra, punha as minhas coisas ao desbarato. São coisas que estão a mais em casa e quase agradeço só de me as levarem. De qualquer modo, mais vale vender muito a preços baixos do que pouco a preços altos. Depois passamos por grandes lorpas.

Era incapaz de vender CD’e DVD’s originais a mais 5 euros.

 

Quando tenho algo do qual já faço pouco uso, trato de procurar quem precisa ou dá valor em ter isso. É a minha máxima "as coisas a quem lhes dá valor ou a quem mais precisa delas". E ofereço. Quanto ganharia eu em vender um artigo numa casa de artigos usados, comparado com dar um mimo a um amigo ou o bem que vou fazer a alguém que passa necessidades?

 

E embora eu seja um adepto sentimental do meu querido FCP, quero mais é que o Desportivo de Chaves ganhe a taça de Portugal de 2010. Para o FC Porto a taça será um triste prémio de consolação. Para o Chaves será a loucura total, o feito da vida de uma terra e de uma região com mais personalidade e tradição no nosso país.

publicado por antiego às 13:49
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Contador Web
Contadores
online

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds