"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Lei do Ruído 2017

. Ninguém faz nada!

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. 25 de Abril para os Joven...

. Creche de 6 milhões

. País das Cunhas

. Lusitania e Lusofonia

. Outro Polvo gamado

. Défice externo zero

. Governo e o Sofisma da de...

. A Morte de Portugal

. Não há Folga Orçamental

. IMI de habitação própria ...

. Porto vs Lisboa

. Vingança após vingança de...

. Corte do subsidio de Nata...

. Cúmulo da Austeridade

. Perdoa-me a dívida Tony S...

. O combinado veto constitu...

. Investimento em Barragens

. Escalões na Factura da El...

. Herói Moral D. Pedro

. Salvando os nossos Filhos

. Tarifa Bi-Horaria Opciona...

. Anedota do IRS 2012

. País Imperfeito

. Creches do Estado

. Visto Familiar PSD/CDS

. Eucaliptos em Portugal

. Floresta Portuguesa

. Paraíso das Crianças

. Raio de Esperança

. Você decide: Aldrabão ou ...

. Parem de Invejar Sócrates

. Quem vai votar em ti?

. Salvem os Professores

. Para acabar de vez com a ...

. Deixem os Profs em Paz

. Cheers Português

. Estamos Vivos no Facebook

. Habilitações a mais

. Parva que tu és

. Fia-te nas Informações

. Alguém faria melhor

. Cidadania no Secundário, ...

. Vocação para Medicina

. Nem eu faria melhor

. Como ser Mediocre e ningu...

. Mundos Paralelos

. Bruna-Esperta

.arquivos

. Março 2017

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Quarta-feira, 29 de Março de 2017

Lei do Ruído 2017

A lei actual do ruído poderia estar melhor redigida, é bastante confusa.

"Artigo 24.º
Ruído de vizinhança
1 - As autoridades policiais podem ordenar ao produtor de ruído de vizinhança, produzido entre as 23 e as 7 horas, a adopção das medidas adequadas para fazer cessar imediatamente a incomodidade.
2 - As autoridades policiais podem fixar ao produtor de ruído de vizinhança produzido entre as 7 e as 23 horas um prazo para fazer cessar a incomodidade."

Não seria mais fácil ter escrito algo do género:

"Não é permetido ruído de vizinhança a qualquer hora do dia. Se produzido entre as 23 e as 7 horas, as autoridades policiais podem ordenar ao produtor de ruído de vizinhança, a adopção das medidas adequadas para fazer cessar imediatamente a incomodidade. Se produzido entre as 7 e as 23 horas, as autoridades policiais podem fixar ao produtor de ruído de vizinhança, um prazo para fazer cessar a incomodidade."

?

Sábado, 22 de Agosto de 2015

Ninguém faz nada!

Estou a começar a trazer esta expressão para o meu discurso porque... realmente ninguém faz nada neste país da impunidade. É um "não te rales". Quem levanta alguma voz, se queixa e apresenta sugestões é deitado abaixo pelos "não te rales". Despacham-te logo com um "se estás mal, põe-te".

Mas.. realmente há os que dizem mal de tudo, sobretudo do país, e no entanto, não fazem nada, não contribuem nada para que as coisas mudem.

Quando falo em queixar é apresentar queixa oficial, por escrito. Para muitas pessoas isto é meter-se em trabalhos e correr o risco de ainda a coisa piorar para o queixoso.

tags:
publicado por antiego às 00:17
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Sábado, 24 de Maio de 2014

AH! Apanhar uma Camioneta...

Vivemos em tempos dourados onde, apesar da crise, podemos visitar o melhor destino Europeu a very Low Cost. Apanhem a primeira camioneta que encontrarem e visitem qualquer que seja a terra para onde vá porque está na moda, será uma das aldeias mais pitorescas e lindissimas do velho continente.

Eu, por mim, vou apanhar uma já este Domingo. Trata-se de uma camioneta da junta da freguesia que vai a uma dessas vilas mais pitorescas da Europa, onde se encontram o mar, a floresta, as falésias, as flores, os canaviais, o sol e as brisas. Vai ser um trekking muito wild de 10 kilometros, ao longo de uma costa de arribas. Com direito a almoço no fim da caminhada, numa praia à beira-mar, se levar uma mochila com alguma comida. Tudo isto por apenas 2 euros, que é preço do seguro se caír de uma arriba abaixo.

De quê que estão à espera?

publicado por antiego às 00:49
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Quarta-feira, 30 de Abril de 2014

25 de Abril para os Jovens

Vi uma reportagem muito engraçada na televisão feita por uma jornalista. Era tipo um resumo do 25 de Abril em que ela narrarando ía dando a deixa a jovens (até aos 18 anos) para rematar um episódio histórico do 25 de Abril. Vi pelo menos uns 4 jovens empenhados em demonstrar que se interessam e percebem bué da revolução dos cravos.

Com esta intervenção ficam todos a ganhar: Aqueles que têm a superioridade intelectual de já estarem vivos no 25 de Abril, tendo assim podido participar, testemunhar e analisar a revolução mais importante da história do país. E os coitados que vieram a nascer depois do 25 de Abril que têm assim a oportunidade de demonstrar que, pese embora esse facto, ainda conseguiram apanhar o último vagão. Nós mostramos que somos a geração mais cool que alguma vez viveu em Portugal. Uma geração Hippie com cravos na boca, cheia de ideais e de causas. Eles mostram que são não são uma geração superficial, pelo contrário, são uma geração do estudo e do conhecimento.

Tudo seria assim bonito se não fosse eu não ter percebido quase nada do que todos os jovens ditaram, tal foi o tom robótico e apressado como falavam. Será o espelho do o entusiasmo com que os jovens vivem o 25 de Abril?

- Gostas do 25 de Abril?

- Siiiim.

Digam-me que houve cunha na escolha dos jovens.

publicado por antiego às 00:17
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Quinta-feira, 10 de Outubro de 2013

Creche de 6 milhões

Gostava que alguém me explicasse o que vi.

Ao passear em Lisboa vi um local de obras e li o placard informativo. Numa area não superior a 200 metros quadrados vão construir uma creche e vem "obra adjudicada por 6abcdef,g0 euros". Em que as letras são uns algarismos que não me recodo. Eu até li o número vários vezes não fosse estar a confundir milhões com centenas de milhar ou com milhares.

Como é que uma creche em 200m2 pode custar 6 milhões de euros? Só se tiver 200 andares.

publicado por antiego às 22:42
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Segunda-feira, 26 de Agosto de 2013

País das Cunhas

Se ouvissem o que um amigo meu francês disse sobre a corrupção na França pensariam que nem um português consegue dizer tão mal do seu país.

tags:
publicado por antiego às 20:23
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Sexta-feira, 15 de Março de 2013

Lusitania e Lusofonia

A grande ironia da pátria lingua portuguesa é que a lingua chamada de lusofona, o português, não nasceu na Lusitania, antiga provincia romana que é a origem do prefixo luso.

A lingua lusofona nasceu a norte da Lusitania. Deriva da lingua galaico-português. A Lustiania era uma provincia que ficava a sul do rio Douro. ìa das Beiras ao Algarve e entrava um bocado para dentro da actual Espanha, apanhando a actual cidade de Mérida que era a captial daquela região.

 

É um bocado estranho nos chamarmos lusitanos quando a nação nasceu num norte que não fazia parte da Lusitania e veio a conquistar aquilo que era a antiga Lusitania.

Só encontro uma explicação: Lusitania é um lindo nome. È extremamente eufónico o prefixo "luso". Dá jeito.

tags:
publicado por antiego às 20:28
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Sexta-feira, 1 de Março de 2013

Outro Polvo gamado

Este é o segundo gamanço de polvo que é noticia nacional.


Uma mulher foi detida e vai responder num processo judicial por alegadamente ter furtado uma embalagem de polvo congelado num hipermercado de Bragança, divulgou, esta sexta-feira, a PSP.”


Trata-se, com toda a certeza, do polvo congelado do Continente que está com 50% de promoção. Eu próprio aproveitei a ocasião e trouxe um. Identificando-me com o bom gosto da minha co-cliente, abdico do meu desconto em cartão correspondente ao meu polvo, em favor do polvo gamado.

publicado por antiego às 19:22
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2013

Défice externo zero

"Portugal terminou 2012 sem défice externo. A alteração é histórica: de 2011 para 2012, a relação de Portugal com o exterior passou de um défice de 6% do PIB (cerca de 10,2 mil milhões de euros), para um superávit de 0,5% (equivalente a um excedente de 907 milhões de euros). Desde pelo menos 1996 que a balança corrente e de capital portuguesa não era positiva."

em http://www.dinheirovivo.pt/Economia/Artigo/CIECO106006.html

tags:
publicado por antiego às 20:41
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2012

Governo e o Sofisma da despesa

Passos Coelho afirma “70’% da nossa despesa é com pessoal e prestações sociais. Não é possível não ir às despesas com pessoal e com prestações socais” aqui.

 

Estou farto de ouvir falar que 70% da despesa é com pessoal e prestações sociais como se não valesse a pena poupar nos restantes 30%.

Corta-se nos salários, corta-se nas prestações sociais, não se corta nos outros 30% porque essa fatia é quase desprezível.

Do mesmo modo Paulo Portas comprou 2 submarinos por mil milhões de euros, uma pechincha, considerando que se trata menos de 1% do PIB.

Tentar poupar um milhão de euro aqui ou ali deve dar a maior gargalhada.

 

Deixemo-nos de merdas. Vamos saber de números com um 2º grau de profundidade.

1 – dos 70% quanto é nos salários, quanto é de prestações sociais?

2 – Quais as maiores fatias nos outros 30%?

3 - Onde se pode poupar mais (percentualmente) quer a fatia seja de 70 ou de 0,1%?

 

Como nada dizem sobre isto, parto os 70% ao meio. Portanto, gasta-se 35% com salários, 35% com prestações sociais e 30% com o resto. E então, onde ser corta agora?

publicado por antiego às 20:29
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Contador Web
Contadores
online

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds