"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Síndrome da Mudança Horár...

. Shampôo para Prisão de Ve...

. Santo Hospital D. Estefan...

. Médicos nos centros de Em...

. Investigação Calórica

. Solteira e Feliz

. Médicos Baris

. Bigger than Life

. Meditação

. Chafurda nestes Blogs

. Higiene Sexual

. Heatlh Club não é Liceu.

. Health Club não é Discote...

. Fecho do Hospital D. Este...

. Hospital Dona Estefânia

. Não há fumadores por coin...

. A ADEB é uma porta aberta...

. Mais Amor, Menos Doença

. Mais Afecto, Menos Doença

. ADEB - Doentes Depressivo...

.arquivos

. Março 2017

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Terça-feira, 2 de Novembro de 2010

Síndrome da Mudança Horária

Este sábado, ouvi na rádio uma nota surreal sobre a mudança de hora que iria ocorrer na madrugada de 1 de Novembro de 2010.

Gostava de ter o texto e ainda o googlei na internet. Será que esta pérola da psicologia não ficou registada?

 

A Jornalista começou por afirmar que a mudança de hora é uma coisa complicada. O sistema humano vai-se abalar, temos que nos precaver para nos adaptarmos com menos sofrimento possível a esta terrível violência que é a mudança horária.

A seguir surge a douta psicóloga a esmiuçar a cena. Compara a mudança de hora com as alterações de humor sazonal, alerta para os perigos e até aconselha a prática de exercício físico para melhor suportar essa inevitável hora de diferença. “Se ainda não pratica exercício físico, esta é uma boa altura para começar”.

Meu deus, quais são os limites para a idiotice das psicólogas?

A gaja parecia que estava a falar do Jet-Lag de alguém que viaja de Portugal para o Japão.

 

Mais a mais, atrasar uma hora, não dá azar nenhum. É mesmo como ganhar uma hora na vida. Quando se muda para a hora de verão é que pode ser um bocado penoso.

Duas coisas que os psicólogos deviam de saber antes de falarem sobre a alteração do ciclo diário:

  1. O Ciclo diário biológico do homem é de 25 horas.
  2. É mais difícil o corpo do homem adaptar-se quando viaja para nascente do que para poente (penso que é consequência da primeira).

Se houve gente que levou a sério esta psicóloga, eles não foram os notivagos.

publicado por antiego às 15:51
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Segunda-feira, 5 de Julho de 2010

Shampôo para Prisão de Ventre

Divulgo uma mezinha descoberta pela gatinha. Quem tiver prisão de ventre experimente, simplesmente, cheirar um shampôo (aquela coisa que se usa para lavar o cabêlo). A Gatinha diz que escolhe o mais activo mas que qualquer um serve. Eu acho que nunca tive este problema, não posso atestar por experiência própria. O que é certo é que resultou hoje de manhã como o nosso filhos de 9 anos.

 

E esta, Carago !!

tags:
publicado por antiego às 10:41
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Quarta-feira, 7 de Abril de 2010

Santo Hospital D. Estefania

Há cerca de 3 anos o sextrip alertou na blogosfera da sapo que queriam acabar com o Hospital D. Estefãnia. Lançou uma campanha na blogosfera a que eu aderi.

O sextrip escreveu estes 2 artigos sobre o Hospital Pediátrico de Lisboa:

 

defender o hospital de dona estefânia

hospital de dona estefânia - contra informação

 

Mais fiquei eu bem impressionado com a iniciativa deste saudoso blogger, sabendo que ele não tinha filhos, e porque o blog dele era de cariz declaradamente sexual – ou seja, por um lado saía fora do tema do seu blog, por outro há a ideia de que os idiotas gabarolas que só falam em sexo e sabem viver a vida, são pessoas que se estão borrifando para bébés, filhos ou qualquer tipo de coisas que, sendo até resultado da prática em que são especialistas, só atrapalham.

 

Na altura deste aviso, eu nunca tinha entrado no Hospital D. Estefãnia.

Hoje em dia, estamos fartos de lá ir. Mas já que os nossos filhos têm problemas de saúde, não conseguimos imaginar de quem os trataria melhor.

Bendito Hospital D. Estefãnia.

 

Os melhores especialistas estão lá, não vale a pena irem ao privado. E todo o tipo de médicos de todo o tipo de especialidades, está lá. Equipas multidisciplinares trabalham em conjunto. No privado, teriamos de andar a correr de um lado para o outro. Que clinica privada por mais gigante que fosse nos ofereceria as soluções que este grande Hospital oferece?

 

Grande marca de qualidade é este Hospital ser um hospital de ensino. Ou seja,  este Hospital serve de estágio e de aprendizagem a estudantes de Medicina (tal como a Maternidade Alfredo da Costa). É um hospital Universitário onde se ensina Medicina pediátrica, e isso deixa-me muito confiante. A Estefãnia é um descanso, está lá tudo.

 

Muita gente defende que é uma ideia retrógada essa de que certos negócios funcionarem melhor senão tiverem fins lucrativos. Negócios onde estejam envolvidos altos valores, como a vida, não devem ser de iniciativa privada, porque moralmente não devem estar orientados ao lucro, mas sim à vida. Os modernos acham que esta ideia é muito quadrada e desadequada da realidade. Eu acho-a muito válida, e na saúde, olhando para o Hospital da Estefãnia, olhando para médicos do público em comparação com os do privado, aqui em Portugal, ela comprova-se.

A D. Estefãnia é grátis, é excelente. Realmente para quem gosta de conforto e comodidades, não fique lá internado, há soluções melhores.

 

Revoltante é ouvir dizer que multiplos interesses querem acabar com este Hospital da vida, para fazer dinheiro a valer.

Como alerta o site

 

APOIAR E DEFENDER O HOSPITAL DONA ESTEFÂNIA E UM NOVO HOSPITAL PEDIATRICO PARA LISBOA!

Como pode um país a viver um inverno demográfico, pensar sequer em acabar com um excelente Hospital Pediátrico !! Para ser canonizado logo a seguir?

Eu agradeço a este maravilhoso Hospital e a todo o seu Staff o que fizeram e estão a fazer pelos meus filhos.

publicado por antiego às 18:05
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Terça-feira, 19 de Janeiro de 2010

Médicos nos centros de Emprego

            O bastonário da Ordem dos Médicos diz que um novo curso de Medicina irá gerar desemprego na classe.

 

            Parece que o Bastonário anda muito preocupado porque, no futuro, imagine-se, podem haver médicos no desemprego.

 

            E eu digo: Òptimo! Será um bom sinal. Prefiro 100 mil desempregados com formação em Medicina do que 100 mil desempregados com formação em Comunicação Social, Relações Internacionais,  Psicologia, Latim, Relações Públicas, Relações Púbicas, e outros cursos superiores da treta.

 

            Toda a gente terá um amigo médico a quem pedir conselho de saúde e poupar chatear a saúde 24 ou os médicos do centro de saúde.

 

            Nada como uma pessoa ter medo do desemprego para se tornar num trabalhador mais atencioso e dedicado. Quanta mais concorrêcia houver, mais o cliente lucra. Como em qualquer outra profissão, que haja seleção natural. Que haja mérito e mantenham emprego os competentes e os médicos incompetentes que vão para uma caixa do continente ou fiquem numa recepção de centro de saúde.

 

            Agrada-me ver o ensino da medicina mais massificado. Não acredito na justiça de um curso em que a média de entrada seja 19. O que me diz isso sobre a qualidade dos profissionais que vão sair dali? Que são uma cambada de marrões.

 

            Quanta gente com grande competência não deve ter ficado de fora do curso de Medicina e que era muito melhor que um marrão de 19? Já para não falar das falcatruas e compadrios que devem ter ocorrido para meter o afilhado em medicina, de que nós só sabemos daqueles dois ministros que se demitiram por terem falseado a entrada da filha de um deles.

 

            É desumano que exijam que a entrada num curso superior seja apenas tirar uma média de 19. Ok, é o numerus clausulus, a média de entrada é fixada pela menor nota dos alunos selecionados, mas como dá sempre essa merda, é o alvo para que os alunos apontam.

 

            Poderiam-se criar mais parametros de avaliação que isso? Penso que não, ainda daria mais azo a embustes.

 

            Com a criação de mais vagas para medicina, serão dadas mais oportunidades a pessoas que têm talento mas o azar de não conseguirem serem perfeitos num exame escrito de admissão a essa elite que é o curso de Medicina.

 

            E claro, mais médicos por milhares de habitantes, estejam eles empregados ou não.

Quinta-feira, 3 de Dezembro de 2009

Investigação Calórica

            Passei anos e anos com as pessoas a perguntarem-me como me conseguia manter tão magro a comer como um javardo. Até me sentia um freak.

            É verdade, até aos 24 anos não tinha um milimetro de gordura, embora comesse como um jabardolas. Comia até abarrotar, até ficar cheio e não caber mais nada. Às vezes até passava mal.

            Eu começar a engordar coincidiu com começar a jantar com amigos de Barcelos que têm o hábito de comer pão com o jantar. Um pãozinho ao lado do prato e vai-se debicando.

            Claro que então praticava muito desporto e caminhava muito. Andar a pé era como respirar. Vinte minutos a pé para a Universidade, 20 minutos a pé para o centro. Vinte minutos a pé para a discoteca. Vinte minutos a pé não era nada. Quarenta minutos a pé para a estação de comboios já era algum esforço. Na boa. Eu até gozava com todos aqueles estudantes que tinham comprado o passe dos transportes públicos. Gastar dinheiro por uma distãncia de 20 minutos !! Devem estar a brincar. Depois eu detestava esperar por autocarros.

 

            Depois engordei mais, aos 27 anos quando descobri o maravilhoso KFC, em Inglaterra. O pessoal quando chegava de Portugal era logo a primeira coisa que queria fazer: ir a um KFC. Depois abriu cá em Portugal e curiosamente não achei piada nenhuma.

 

            Agora a coisa é e deve ser preocupante. Até já comprei uma balança.

           

            Agora, conto-vos o que me levou à minha investigação calórica. No outro dia estava com a minha mulher e um amigo, quando lhes dizia que eu estava a ter cuidado com aquilo que ingeria. E dei o exemplo:

- Hoje ao lanche só comi uma maça e uma empada de frango.

 

            Ora, riram-se os dois da minha cara gorda. E eu sem perceber bem porquê. Cheguei a pensar que era por ter comido duas coisas. Deram-me uma pista: a empada.

 

            Para grande ironia, na investigação que fiz, a empada de frango é, de longe, o elemento mais calórico. Palhaço.

 

            Investigação no site:   Calcula as calorias e incha, ó Porco!

 

Algumas conclusões:

 

1 - Ketchup e mostarda têm muito poucas calorias.

 

2 - Pão é demasiado calórico.

 

3 - Maionese proíbida, frutos secos também.

 

4 – Agrada-me sobremaneira que o presunto tenha menos calorias que o queijo.

 

            Por cada 100 gramas:

 

 

Lista de alimentos selecionados

#

Alimento

Calorias

1

Aguardente

231,00

3

Almondega

120,00

4

Arroz branco cozido

110,00

5

Arroz integral cozido

106,25

6

Atum em óleo

262,50

7

Azeite de oliva

900,00

8

Azeitona

220,00

11

Bacon

568,00

13

Batata cozida

85,00

14

Batata frita

274,00

15

Bife frito

253,85

16

Bolacha água e sal

400,00

17

Bolacha recheada

520,00

18

Bolo simples

160,00

19

Bolo recheado

385,71

20

Bife a cavalo

140,00

21

Carne boi

140,00

22

Carne de soja

106,00

23

Carne frango

107,00

24

Carne porco

285,00

25

Caviar

200,00

26

Cerveja

42,00

27

Chantilly

450,00

28

Cheeseburger

400,00

30

Chocolate branco

566,67

32

Canelone

115,00

34

Coca-Cola

39,00

35

Creme de leite

250,00

37

Damasco fresco

54,29

38

Damasco seco

130,00

39

Empada de frango

1.113,04

40

Enrolad. de salsicha

292,59

41

Espaguete

96,00

42

Fanta

54,00

44

Feijoada

152,00

45

Figo fresco

68,00

46

Frango assado (coxa)

120,00

50

Gelatina de frutas

238,00

51

Gema de ovo

355,00

52

Goiabada

276,67

53

Grão-de-bico

115,00

54

Hamburger carne

248,00

63

Lasanha

206,67

67

Licor

343,33

70

Maionese comum

713,33

71

Maionese light

333,33

72

Manga

70,00

73

Manteiga

760,00

74

Mel

30,00

82

Mortadela

280,00

83

Mostarda

80,00

84

Mousse chocolate.

200,00

86

Nozes

706,00

87

Ovo frito

180,00

88

Ovo inteiro cru

148,00

108

Pipoca pronta

403,00

109

Pistache

640,00

110

Pizza muzzarela

240,83

112

Presunto cozido

340,00

117

Queijo parmes

404,00

119

Salame

296,00

126

Suco de laranja

64,00

128

Torrada

310,00

129

Torresmo

540,00

130

Uva

78,67

131

Uva passa

298,00

136

Wiskie

240,00

 

Terça-feira, 15 de Setembro de 2009

Solteira e Feliz

             Num revista de saúde, vem um teste de saúde ao qual respondemos verdadeiro ou falso. Uma das afirmações é:

 

- As suas amigas solteiras, com mais tempo para cuidarem de si, vão viver mais do que você.

 

             Resposta:

 

- Falso. As mulheres casadas vivem em média mais 4 anos do que as solteiras. de acordo com um estudo de 1995 da Universidade de Chicago. Um relacionamento feliz e saudável contribui para o bem-estar fisico e emocional.

 

             Se calhar uma boa resolução é casarem-se aos 50.

publicado por antiego às 23:44
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Quarta-feira, 9 de Setembro de 2009

Médicos Baris

            Pediatra do Hospital da luz, 90 euros a consulta, de 5 minutos a despachar. Um médico altamente, que falava autêntico futebolês:

- Em equipa que ganha não se mexe.

- Os 5 meses, ninguém lhos tira (5 meses de vida, claro, quando se discutia a idade real e a idade corrigida)

            E mais outras pérolas. No fim, o gajo lá fala da marcação da próxima consulta. Pois, ó meu, podes esperar sentado, que no caso dos meus filhos serás mesmo só treinador de bancada.

 

            Há ainda o caso do médico ganzas. O sr. Doutor ía-me fazendo perguntas, até que resvala nesta:

- E danças?

- .... Agora não muito. Costumava dançar nos meus tempos de universidade...

 

            Espera aí... e danças? Que raio de pergunta é esta? Isto não faz sentido nenhum. Fiquei atónito.

- Desculpe, que disse?

- E ganzas?

            Pois, bem me parecia, tinha ouvido mal. Esta já faz sentido. “Tomamos narcóticos, fumamos antibióicos” – Ena Pá 2000.

- Não meu! Qual é coroa, me acha com cara de pedrinha?

 

            Nunca vos aconteceu irem a médico que numa consulta dizem uma coisa e na seguinte dizem completamente o contrário com toda a certeza? E isso já me aconteceu com um médico conceituado que até aparece na TV a comentar casos.

- Isto não é pé boto. Ora veja aqui, blá blá blá

            Na consulta seguinte:

- Isto não é pé boto?

- Claro que é pé boto!

tags: ,
publicado por antiego às 23:46
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2009

Bigger than Life

            Admiro as pessoas com uma vivacidade enorme. Pessoas capazes de se envolver em mil e uma actividades e dar conta de tudo. Pessoas que parecem que nunca dormem. Geralmente são pessoas com uma grande capacidade de dar. Estas pessoas estarão mais aptas a serem bons pais e mães. Alegres, bem-humoradas, de bem com a vida, enérgicas, faladoras, metem conversa, falam com toda a gente, são populares, são umas máquinas.

            A melhor expressão que descreve estas pessoas, é a expressão inglesa: “Bigger than Life”. Pois é, são pessoas cheias de vida, como se pode traduzir em português.

            Acho que também esta caracteristica tem muito de genético. Acredito que já haja uma predisposição de as pessoas nascerem mais sornas ou mais activas.

            E digo-vos mais: eu semi-acredito na astrologia (por experiência própria) e vos diria que estas pessoas "maiores que a vida" caiem mais no signo Carneiro. Quanto mais serão signos do elemento fogo ou terra.

 

            A propósito do genético e do destino, no outro dia vi na televisão um programa sobre a obesidade. E não é que eles concluiam num estudo que também a obesidade é algo genético e não podemos fugir muito ao “peso natural” de cada um. Isto é, cada qual nasce com um peso genético. Durante a vida podemos fazer altas dietas para emagrecer (ou até engordar) que a tendência será voltar ao “nosso peso”. Eles eram fatais: não há muito a fazer, só corrigir um pouqutio.

            Ora, eu acredito muito no genético, que já nascemos com muitas qualidades, mas não acredito tanto nesta da obesidade. Claro que já poderemos nascer com uma tendência para sermos mais ou menos gordos, mas mais determinante será o que comermos e o exercicio que fizermos, fora casos extremos.

            “Bigger than life” e não “fatter than life”.

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2008

Meditação

            Usamos a palavra meditar como sinónimo de pensar. Ironia das ironias é que a meditação tem como objectivo precisamente o oposto – esvaziar a mente, não pensar.

            É um conceito deveras estranho. Para que vou eu passar 20 minutos a tentar não pensar !? Isto parece tempo mais que perdido. Xii, que cena mais estúpida. Poderiam outros argumentar que dormir é também tempo perdido mas temos que o fazer ou que mais vale não pensar em nada que pensar em merda.

            Quem já não se chateou a valer com os seus pensamentos? Todos nós já passamos por momentos em que parecia que quanto mais pensavamos pior. Desejamos, nesses maus momentos, não pensar. Mas é extremamente dificel. Pensar é o maior vicio humano. Quantos dos nossos pensamentos são de valor? Uma percentagem muito pequena.

            Eu adoro pensar. É um passatempo muito interessante, a pretensão da busca da verdade. Ter a esperança que, num momento de luz, vamos descobrir a verdade, The answer, como dizem os ingleses.

            O meu trabalho profissional é, digamos que 20% de criatividade, 80% de suor. Eu estou sempre a constatar uma lei: as melhores ideias surgem quando saio para espairecer. Encontro imensas soluções para o meu trabalho, precisamente quando não estou a trabalhar. Quando estou a almoçar, a fumar um cigarro, à noite em casa, à noite na cama.

 

            Estou sempre a esquecer esta prática recomendada: quando se encontra com um problema dificel por resolver, levante-se do local do trabalho, vá dar uma volta, quando voltar vai ver as coisas de outra maneira, talvez mais claramente. Em grande parte das vezes, eu vejo as coisas mais claramente, logo após 5 minutos de me ausentar do problema.

 

            Talvez este seja o segredo da meditação transcendental.

 

            Nós somos um enxurrilho de pensamentos. Parece me lógico que seria benéfico termos algo que apaziguasse a nossa alma. Que nos desse descanso dos bombardeamentos de pensamentos de que somos vitimas.

 

            Ouvi dizer muitas maravilhas sobre a Meditação Transcendental. Que aumenta a criatividade, o rendimento, etc. No próprio programa da Oprah, ela disse que ía melhorar a nossa vida exponencialmente. A meditação está na moda. Ouvi dizer que a meditação transcendental proporciona um descanso mais reparador que o próprio sono.

 

            Durante alguns meses pratiquei a meditação transcendental. Não, não notei que o meu bem estar tivesse melhorado. Não me senti mais criativo ou a render mais. Talvez tivesse que praticar durante mais tempo.

 

            O que eu posso dizer é que o praticar, em si, é que me agradou bastante. Tive grandes momentos de bem estar e relaxamento ao prática-la. Pode demorar algumas semanas ou meses a apanhar o jeito, a melhorar a nossa técnica de relaxamento. Quando se alcança, sabe muito bem.

            Se eu a recomendo, sim. Podem usar a técnica de concentração na respiração. Eu sei que parece muito esquisito e tempo perdido. O ideal era terem uma companhia de actividade, uma pessoa que também cultivasse a prática.

 

            E perguntam-me agora vocês: então, se é altamente, porque já não a praticas há meses?

- Bolas, porque sou preguiçoso.

 

publicado por antiego às 12:17
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
|
Quarta-feira, 26 de Março de 2008

Chafurda nestes Blogs

        Sabem porque não visito mais blogs? Porque não me dou ao trabalho de procurar blogs novos para mim. Poque não estou para andar a chafurdar nas tags em http://blogs.sapo.pt/

        É um engano, é uma injustiça, é uma porcaria.

      Ninguém quer saber. Bastava somente limitar o espaço das tags a 30 caracteres, e a coisa melhorava.

        Já falei nisto em Spam Posts nos blogs do sapo.

           

        Ao qual sextrip respondeu, a propósito:

          “É assunto que nem vale a pena abordar nos desígnios do Sapo - a última vez que o fiz foi num artigo das Manas SS e a resposta de dois administrativos do Sapo não levam a solução nenhuma.

      Tens blogues que metem "automaticamente" um rol pré-estabelecido das tags mais empregues e pesquisadas e "toca a andar".
        Por exemplo, colocas a tag "sexo" num artigo teu, seja qual for a hora do dia e quando vais ver os últimos artigos dessa tag... já estás "debaixo" de uma carrada de entradas do 1001 blogs, do sexovideosgratis ou outro "repetidor" de porno-chácha qualquer.

        E, como disse, não adianta protestar.”


música: Sexo na Banheira é bom - Ena Pá 2000
Contador Web
Contadores
online

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds