"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Pessoas boas para beber u...

. Lei do Ruído 2017

. Pretender

. FC Porto mais português!

. Os homens são todos iguai...

. Ninguém faz nada!

. A moda do brunch

. Lopetegui a treinador do ...

. Treinadores Portugueses

. Super-Mães

. Deve haver uma explicação

. E depois do Adeus

. Ginastica Mental

. Hino à prostituta

. Banco Alimentar

. Teoricamente barato

. Pessoas com Categoria

. UML: para pessoas que gos...

. 10 contra 11, não!

. Taxista Sportinguista

. Escolher um Bacalhau

. Só os Belos empacotam

. As leis não escritas

. Programador burro

. Programador vs Eng. Softw...

. O Porto da minha Infãncia

. Fazer amigos

. Fui eu que inventei

. Pessoas bem-educadas

. Antigamente

. Jorge Jesus e P. da Costa

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. Ser Benfiquista

. Ninguém sabia o que fazer

. Almas Gémeas

. Aprendendo a ser Jovem

. Homens Misteriosos

. Depois de Babel

. Melhor que Telenovela

. 25 de Abril para os Joven...

. No meu tempo

. FC Porto vergonhoso

. O Canal Q e a cidade

. Pessimismo e conspiração

. A fugir do próprio Ego

. Rabos e rabinhos

. BCP é bom camarada

. Palpites

. O Drama dos Penalties

. Tratamento de Psicologia

.arquivos

. Maio 2018

. Março 2017

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Sábado, 14 de Novembro de 2009

Os Marcianos não bebem leite

            Cuidado com as Medicinas Alternativas, elas fazem parte do livro “o livro negro dos esquemas e fraudes”, financiado pela Comissão Europeia.

            Eu já caí neste conto do vigário numa casa de produtos naturais. Uma senhora fez-me um exame à Iris e foi incrivel a quantidade de coisas que descobriu sobre a minha saúde. Ela pôs-se a tirar o curos de Homeopatia por uma grande causa – ajudar o marido que tinha problemas de saúde. O mais irónico desta história é que ela dizia algo do género:

- Andam aí pessoas que tiram cursos e enganam as outras receitando-lhe uma enorme quantidade de medicamentos que vendem nas suas lojas. E fazem muito dinheiro assim.

 

            Só mais tarde aprendi a regra número um de como desvendar o grande mentiroso: muitas vezes o grande mentiroso auto-enfia a carapuça ao referir exactamente o que está a fazer. Quando alguém vos disser “eu não estou a mentir”, é de desconfiar. È porque muito provavelmente está a fazer isso mesmo ou então não o estaria a referir sequer como hipótese. É uma maneira de também descobrir vigaristas: “Este negócio é perfeitamente legal” – como diz o livro, se fosse legal não sentiriam necessidade de o afirmar.

 

            A grande ironia é que a senhora fez precisamente o que os vigaristas que ela falava faziam. Foram vinte e tal contos em medicamentos na loja dela, todos indicados pela sua dona, médica.

 

            Lembrei-me de escrever isto depois de ouvir uma história muito engraçada que a minha mulher me contou. Foi a uma massagem chinesa, e eis que a certa altura surge uma espéie de guru, com a cor de pele verde, afirmando com todo o seu saber:

- Você não pode beber leite.

 

            Como é que alguém vai levar a sério um gajo com um aspecto tão doentio que a cor da sua pela é verde, aonselhando a não beber leite?


 

publicado por antiego às 23:57
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos
7 comentários:
De antiego a 15 de Novembro de 2009 às 19:20
Essa de esvaziar a cabçea de pensamentos... já devuam saber - é pedirdemais. Há técnicas para isso acontecer até um certo grau. As técnicas de hipnotizador e as da meditação.

Já escrevi aqui sobre a meditação. Demora a entrar no espirito na meditação e acredito que muita gente possa não entrar. O meu profsor podia ter-me explicado melhor algumas coisas. Eu explicaria melhor.

Façam o que fizerem, não o façam se for desconfortável.
De tou anónima, não me chamo helena a 15 de Novembro de 2009 às 20:51
No meu caso terá sido mesmo esse o problema, penso que não foi devidamente explicado ou acompanhado.

Ficaram-se pela tal parte de "esvaziar os pensamentos", o que repetiam incessantemente.

Como, pergunto eu?! Já percebi a ideia. Como se faz isso??

Para mim não será desconfortável fazê-lo, expliquem-me como para eu colaborar! :)

Mas não, chegaram à conclusão de que sou inhipnotizável porque não tenho botão de on e off para o processador.
De antiego a 15 de Novembro de 2009 às 21:22
Palhaçada.

Não se pode exigir a ninguém para esvaziar a mente. Isso é impossivel. Há técnicas que levam à hipnose e à meditação, mas elas e elas têm em conta que é quase impossivel deixar de pensar em alguma coisa.

Normalmente quando medito até estou sempre a pensar, mas estou a pensar noutro estado.

Nas hipnoses que fiz estive sempre à alerta. A intenção não é eu ficar inconsciente. Lembrava-me perfeitamente de tudo. A intenção é induzir um estado ao espirito que eu descrevo como super-relaxante. Tão relaxante que sentia um formigueiro no corpo.
De tou anónima, não me chamo helena a 15 de Novembro de 2009 às 22:14
Tenho de descobrir onde o fazer dessa forma.
Tenho uma imensa vontade de o fazer há bastante tempo.

Comentar post

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds