"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Pessoas boas para beber u...

. Lei do Ruído 2017

. Pretender

. FC Porto mais português!

. Os homens são todos iguai...

. Ninguém faz nada!

. A moda do brunch

. Lopetegui a treinador do ...

. Treinadores Portugueses

. Super-Mães

. Deve haver uma explicação

. E depois do Adeus

. Ginastica Mental

. Hino à prostituta

. Banco Alimentar

. Teoricamente barato

. Pessoas com Categoria

. UML: para pessoas que gos...

. 10 contra 11, não!

. Taxista Sportinguista

. Escolher um Bacalhau

. Só os Belos empacotam

. As leis não escritas

. Programador burro

. Programador vs Eng. Softw...

. O Porto da minha Infãncia

. Fazer amigos

. Fui eu que inventei

. Pessoas bem-educadas

. Antigamente

. Jorge Jesus e P. da Costa

. AH! Apanhar uma Camioneta...

. Ser Benfiquista

. Ninguém sabia o que fazer

. Almas Gémeas

. Aprendendo a ser Jovem

. Homens Misteriosos

. Depois de Babel

. Melhor que Telenovela

. 25 de Abril para os Joven...

. No meu tempo

. FC Porto vergonhoso

. O Canal Q e a cidade

. Pessimismo e conspiração

. A fugir do próprio Ego

. Rabos e rabinhos

. BCP é bom camarada

. Palpites

. O Drama dos Penalties

. Tratamento de Psicologia

.arquivos

. Maio 2018

. Março 2017

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Em destaque no SAPO Blogs
pub
Quinta-feira, 19 de Novembro de 2009

Homofobia

            Vou escrever um texto para fazer as delicias dos moralistas e aquelas pessoas que gostam de apontar logo falhas, contradições, em que tudo tem que seguir uma lógica certinha.

            Embora eu seja um acérrimo defensor do casamento homossexual, eu tenho a minha boa de homofobia. Eu tenho amigos gays, frequentam o meu lar, já dormi em casa deles, já passei férias em casa deles.

            Faço piadas sobre gays, e até quando me iro com algum tipo pela sua estupidez, sou capaz de praguejar com um “aquele paneleiro”. Aliás, esta era a forma carinhosa que tinhamos, na universidade, de nos referirmos quando um amigo nosso tinha um comportamento menos de amigo ou de alguma maneira o queriamos deitar abaixo.

            Eu tenho uma forte aversão ao acto homossexual masculino, é algo que me choca muito e na realidade, parece-me um pouco contra-natura. Ou seja, tal como os outros homens eu tenho medo da minha homossexualidade e acredito que ninguém é 100% heterossexual. Quando era miúdo e ignorante eu achava a homossexualidade uma coisa completamente contra-natura. Mas, desde o momento em que acho que toda a gente tem algo de homossexual, já não o posso achar absolutamente contra-natura.

            O meu amigo gay uma vez disse-me porque tinhamos nós de achar que o sexo foi criado para procriar e não para ter prazer? Ninguém pode saber para que fim foi criado o sexo. Para mim tem toda a lógica que tenha sido para procriar e o prazer ter sido a forma de fazer com que a vida se perpetuasse. Mas não querendo ser o quadradão lógico, é bastante aceitável que tenha sido criado com os dois fins. Porque há-de um imperar sobre o outro?

 

            Curiosamente, depois de muitas conversas com amigas, constatei um facto: a mulher, na generalidade, tem mais fobia à sua homossexualidade que o homem. Pela minha estatistica pessoal, segundo as pessoas que conheci, a mulher repudia mais prontamente a sua homossexualidade e o lesbianismo do que o homem (não, não façam piadas com o homens lésbicos).

            Mais facilmente um homem aceita a homossexualidade e até a sua homossexualidade, que a mulher.

 

            Aliás, isto lembra-me uma história passada há muitos anos atrás. Nos nossos 24 anos. Estava eu a conversar com um colega meu de apartamento e a sua namorada. Este namoro já tinha mais de 3 anos (mais tarde deu em casamento, filhos, forever). Falavamos de homossexualidade e ela estava muito intrigada em como faziam as mulheres. Pois, os homens está-se mesmo a ver. E as mulheres, não têm nada para meter !!

            Vai daí eu falei em Heterossexualidade. Bolas, não é que não sabiam o que era? Lá tive que os ensinar. E lá  estava ela num processo de assimilição da nova palavra, dizendo coisas como:

- Faz-me impressão esta palavra.

            E vai daí formula um corolário:

- Quer dizer, nós os 3 somos heterossexuais… (Ela sabia que eu queria comer a irmã dela).

             Ao que me apeteceu responder:

- Eu sou, vocês não sei.

publicado por antiego às 20:47
| Adicionar aos Posts Favoritos
De Mulher a 20 de Novembro de 2009 às 12:42
Não gosto de fobias... mas tenho várias.
Talvez por isso não goste delas nem goste que os outros as tenham. Afinal, não devemos desejar aos outros o que não gostamos para nós.
Certo? Sim? Não? Ui, ui.

Eu sou hetero, quer dizer, sou casada em Portugal (o que significa que sou casada com um homem), sou feliz na cama, e fora da cama também já agora, sou mãe.
Assumidamente heterossexual.

A minha primeira experiência sexual foi com outra mulher.
Há tanta coisa que se pode fazer a duas!
Essa coisa do não terem o que enfiar é mesmo à homem. Falta de imaginação de homem.
Se para ti - desculpa o tratamento por tu mas para mim é mais fácil - o sexo se resume a "enfiar", "meter" ou seja lá o que for, deves ter uma vida muito... Como é que hei-de dizer? Pouco estimulante?

Acho que os homens têm muitos mais problemas a aceitar a homossexualidade dos outros que as mulheres.
Se não vejamos:
A nossa sociedade é um pouco o espelho da mentalidade das pessoas.
Se virmos na rua duas mulheres de mão dada, não há problema nenhum.
Se duas mulheres viverem juntas, não há problemas nenhuns.
Mas...
Se virmos na rua dois homens de mãos dadas...
Se dois homens morarem juntos...
"chega-te p'ra lá que são paneleiros."

Quem é que tem mais preconceitos com o quê?
Se calhar o problema está no facto de eles terem alguma coisa a meter...
:p
De antiego a 20 de Novembro de 2009 às 13:28
Conseguirá ser mais parva e arrogante se se esforçar.

Sugiro que leia o post outra vez. Repare que quem falou em meter, não fui eu.

Ser assumidamente heterossexual é de quem tem colhões.

Como descobriu que tenho uma vida pouco estimuiante? Devia ir para psicologa.
De tou anónima, não me chamo helena a 20 de Novembro de 2009 às 19:32
LLLLooooooooooooLLLLLLLLLLLLLLLL

Tens o mesmo problema que eu, Antiego. Escreves textos longos demais e as pessoas leiem na diagonal!

Mas tirando a parte ofensiva de quem não leu o post com a atenção devida e ataca em vez de argumentar, até concordo que os homens tenham mais problemas com a história de assumir interesse homossexual que as mulheres.

Aliás, aquela história do sexo a três , que se está a tornar muito comum e procurada, diz muito sobre isso. na maior parte dos casos 2 mulheres e um homem.
De tou anónima, não me chamo helena a 20 de Novembro de 2009 às 19:33
Apaga o leiem que eu escrevi!!!!!!!!!!!!! Porque é que eu não leio o que escrevo antes de carregar no publicar comentário????
(vergonhaaaaaa)
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds