"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Investigação Calórica

. Hamburgueres do Mini-Preç...

.arquivos

. Maio 2018

. Março 2017

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Quinta-feira, 3 de Dezembro de 2009

Investigação Calórica

            Passei anos e anos com as pessoas a perguntarem-me como me conseguia manter tão magro a comer como um javardo. Até me sentia um freak.

            É verdade, até aos 24 anos não tinha um milimetro de gordura, embora comesse como um jabardolas. Comia até abarrotar, até ficar cheio e não caber mais nada. Às vezes até passava mal.

            Eu começar a engordar coincidiu com começar a jantar com amigos de Barcelos que têm o hábito de comer pão com o jantar. Um pãozinho ao lado do prato e vai-se debicando.

            Claro que então praticava muito desporto e caminhava muito. Andar a pé era como respirar. Vinte minutos a pé para a Universidade, 20 minutos a pé para o centro. Vinte minutos a pé para a discoteca. Vinte minutos a pé não era nada. Quarenta minutos a pé para a estação de comboios já era algum esforço. Na boa. Eu até gozava com todos aqueles estudantes que tinham comprado o passe dos transportes públicos. Gastar dinheiro por uma distãncia de 20 minutos !! Devem estar a brincar. Depois eu detestava esperar por autocarros.

 

            Depois engordei mais, aos 27 anos quando descobri o maravilhoso KFC, em Inglaterra. O pessoal quando chegava de Portugal era logo a primeira coisa que queria fazer: ir a um KFC. Depois abriu cá em Portugal e curiosamente não achei piada nenhuma.

 

            Agora a coisa é e deve ser preocupante. Até já comprei uma balança.

           

            Agora, conto-vos o que me levou à minha investigação calórica. No outro dia estava com a minha mulher e um amigo, quando lhes dizia que eu estava a ter cuidado com aquilo que ingeria. E dei o exemplo:

- Hoje ao lanche só comi uma maça e uma empada de frango.

 

            Ora, riram-se os dois da minha cara gorda. E eu sem perceber bem porquê. Cheguei a pensar que era por ter comido duas coisas. Deram-me uma pista: a empada.

 

            Para grande ironia, na investigação que fiz, a empada de frango é, de longe, o elemento mais calórico. Palhaço.

 

            Investigação no site:   Calcula as calorias e incha, ó Porco!

 

Algumas conclusões:

 

1 - Ketchup e mostarda têm muito poucas calorias.

 

2 - Pão é demasiado calórico.

 

3 - Maionese proíbida, frutos secos também.

 

4 – Agrada-me sobremaneira que o presunto tenha menos calorias que o queijo.

 

            Por cada 100 gramas:

 

 

Lista de alimentos selecionados

#

Alimento

Calorias

1

Aguardente

231,00

3

Almondega

120,00

4

Arroz branco cozido

110,00

5

Arroz integral cozido

106,25

6

Atum em óleo

262,50

7

Azeite de oliva

900,00

8

Azeitona

220,00

11

Bacon

568,00

13

Batata cozida

85,00

14

Batata frita

274,00

15

Bife frito

253,85

16

Bolacha água e sal

400,00

17

Bolacha recheada

520,00

18

Bolo simples

160,00

19

Bolo recheado

385,71

20

Bife a cavalo

140,00

21

Carne boi

140,00

22

Carne de soja

106,00

23

Carne frango

107,00

24

Carne porco

285,00

25

Caviar

200,00

26

Cerveja

42,00

27

Chantilly

450,00

28

Cheeseburger

400,00

30

Chocolate branco

566,67

32

Canelone

115,00

34

Coca-Cola

39,00

35

Creme de leite

250,00

37

Damasco fresco

54,29

38

Damasco seco

130,00

39

Empada de frango

1.113,04

40

Enrolad. de salsicha

292,59

41

Espaguete

96,00

42

Fanta

54,00

44

Feijoada

152,00

45

Figo fresco

68,00

46

Frango assado (coxa)

120,00

50

Gelatina de frutas

238,00

51

Gema de ovo

355,00

52

Goiabada

276,67

53

Grão-de-bico

115,00

54

Hamburger carne

248,00

63

Lasanha

206,67

67

Licor

343,33

70

Maionese comum

713,33

71

Maionese light

333,33

72

Manga

70,00

73

Manteiga

760,00

74

Mel

30,00

82

Mortadela

280,00

83

Mostarda

80,00

84

Mousse chocolate.

200,00

86

Nozes

706,00

87

Ovo frito

180,00

88

Ovo inteiro cru

148,00

108

Pipoca pronta

403,00

109

Pistache

640,00

110

Pizza muzzarela

240,83

112

Presunto cozido

340,00

117

Queijo parmes

404,00

119

Salame

296,00

126

Suco de laranja

64,00

128

Torrada

310,00

129

Torresmo

540,00

130

Uva

78,67

131

Uva passa

298,00

136

Wiskie

240,00

 

Domingo, 18 de Outubro de 2009

Hamburgueres do Mini-Preço

            Acho que também tenho o direito de publicar um post idiota, de vez em quando. Acabei de jantar e mais um vez fui burro ao ponto de comer mais do que a conta. Isto para quem tem que perder 10 kilos. O que vale é que estou fora do mercado. Ainda no outro dia a conversa aqueceu no meu ambiente de trabalho com o tema namoricos. Uma solteira, um divorciado e eu. Vai daí a solteira resolveu-me meter logo no lugar:

- Tu está calado. Tu vais estar fora do mercado nos próximos 30 anos.

- Deus te oiça.

 

            A ideia mesmo é ficar fora do mercado para sempre. Estou mesmo a ver o titulo de um novo filme:

 

            Fora do Mercado para sempre

 

            “Lucky in Love? That’s how life ends” – The Go-Betweens

 

            Chamam-lhe o calo do casamento.

            Tenho-vos a dizer que fizemos uma grande descoberta a dois: os hamburgueres do mini-preço são do melhor. São baratos, emblagem de 10, e são super-saborosos. Muito bem temperados.

 

            Já que estou aqui, podia-vos contar o fim de semana inteiro. Mas não o vou fazer. É um ram-ram muito aborrecido. Um gajo passa a semana a cair de sono, chega ao fim de semana e dorme o que está em défice para tentar começar outra semana, desta vez com menos sono. Porque é preciso trazer o pão para casa e continuar a ter um pouco de razão.

 

            “Trabalhar pra ganhar a vida, mas porque é que a vida que se ganha tem que se gastar a trabalhar pra ganhar a vida?” – Quino

 

            Esta frase é muito engraçada, mas deve-se aplicar mais ao século XIX quando o pessoal trabalhava 16 horas por dia e nem “domingo no mundo havia, para que tudo batesse certo por um segundo”.

            Ainda outro dia ía no elevador de um centro comercial e aparece uma pessoa idosa com as suas sapiências:

- Pois, nos tempos em que vivemos, neste mundo, isto está cada vez pior.

- Pior? Preferia viver na idade média ou no tempo dos Romanos?

 

            Acho que não chegou a ouvir bem e vazou do elevador. Sim, há sempre a sensação que tudo já foi muito melhor que agora. Até o meu filho de 8 anos, no outro dias saiu-se com esta:

- Já não se fazem desenhos animados como antigamente.

 

            Depois diz que gostava de ser bébé, depois que gostava de ser adulto. Pois, os mimos de um bébé e a liberdade de um adulto. Gostei mais quando há cerca de um ano, exclamou:

- /&&#, Quanto mais velhos somos menos nos divertimos!

 

            E lá temos que dizer que todas as idades são bonitas e todas as idades têm os seus interesses. Será? Será que a velhice é doce ou os inúmeros velhinhos resingões que vemos já o eram assim e até melhoraram com a idade?

 

            A mensagem que eu tinha para hoje era mesmo: comprem Hamburgueres do Mini-Preço.

publicado por antiego às 20:33
| Comentar (ou não) | Adicionar aos Posts Favoritos

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds