"Espicaçar as consciências adormecidas"

.posts recentes

. Não compreendes as mulher...

. Namorei com um Burgesso

.arquivos

. Maio 2018

. Março 2017

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

Terça-feira, 10 de Março de 2009

Não compreendes as mulheres

            Apercebi-me que esta blogosfera sofre do cliché que apregoa que é pouco possivel compreender uma mulher… Ah, Ah, ah… tão engraçadinhos.

            Com que então, meus manganões, a tentar impressionar o belo sexo? Como quem diz:

- Eu adoro as mulheres! Esse ser fascinante, mistério insondável, obra-prima divina, esse ser cósmico e fabuloso que de tão rico, inteligente e complexo, é impossivel compreende-lo. Ao ser esmagado pela sua luz, eu me rendo!

 

            Vá lá, com um pouco de inteligência e boa vontade, vais ver que consegues. Gostavas de ser incompreendido? É uma solidão. Não queres que elas estejam sós, pois não? Apela à tua sensibilidade, tenta compreender, tenta perdoar, não sejas egoísta, dá um passo no caminho da tolerãncia, é só um esforçozito, tenta pôr-te no lugar delas. Vais ver que as compreendes. Não é dificel, basta quereres.

música: Woman no cry - Bob Marley
Quarta-feira, 3 de Dezembro de 2008

Namorei com um Burgesso

            Nunca tive pena das pessoas que são abusadas numa relação, sendo independentes da sua companhia/companheira.

 

            A incapacidade em avaliar as pessoas, a incapacidade em escolher uma companheira de boa indole (de jeito) é para mim um erro pouco perdoável, quanto mais manter essa pessoa.

 

            Mais que ser vitima da companheira, uma pessoa é vitima das suas ilusões, é vitima de si própria. Se o problema fosse o mercado ter pouca oferta... Anda por aí tanta alma boa à espera de uma oportunidade para amar... e estas coitadas parecem escolher sempre os mesmos burgessos. Deve ser o encanto do diabo. Depois não me venham com lamúrias. Algo me diz, com certeza absoluta, que, em muitos casos, o resultado era o que realmente desejavam (sem as próprias o saberem, quanto mais admitirem, chocadas com essa hipótese – sei lá, leiam Freud e essas tretas do inconsciente).

 

            Ai que eu dei tudo e ele não deu nada. Anda por aí tanta gente cuja uma das principais qualidades é ser genuninamente prestável.

 

            Não fui eu que inventei Diz-me com quem andas dir-te-ei quem és.

            Se tens uma familia do pior que até te envergonha, não há nada a fazer, já se diz que não escolhemos a familia. É perfeitamente aceitável que te lamentes da tua familia.

            Mas agora, tens absoluta responsabilidade nas pessoas que escolhes. E escolher a pessoa que vai para a tua cama não é o mesmo que escolher a pessoa ou as pessoas que vão contigo ao cinema, uma vez.

 

            A isso chama-se: não ter capacidade de selecção.

 

            Uma pessoa vir-me dizer que não tem sorte nos homens da sua vida, é precisamente equivalente a me dizer:

- Sou uma estúpida, não sou capaz de escolher aquilo em que as pessoas deviam ser melhores a escolher: pessoas.

            Numa comparação economica, seria o mesmo que eu dizer que me saiu o euromilhões 4 vezes e nas quatro vezes eu gastei a fortuna toda no casino: ai, não tenho sorte nenhuma.

 

            Alguém te violou? Não? Ó, parece que… só…. abusaram do teu amor e credulidade. Azar, you should have known better.

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds